4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Câmara Municipal planeia testar em massa população com cinco espaços fixos no...

Câmara Municipal planeia testar em massa população com cinco espaços fixos no concelho

Acção está a ser planeada em parceria com o Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida e a Unidade de Saúde Pública

 

- PUB -

A Câmara Municipal de Setúbal planeia começar a realizar testes à covid-19 em massa na população, com a fixação de cinco espaços no concelho e uma unidade móvel para o efeito. A informação foi transmitida por Ricardo Oliveira, vereador da Saúde na autarquia sadina, na passada terça-feira, no primeiro encontro do novo ciclo de debates do Fórum Saúde “Setúbal a Pensar em Si”.

Na sessão, cujo tema recaiu sobre “a importância do papel das farmácias comunitárias na promoção da saúde pública”, o autarca explicou que a iniciativa está a ser planeada “em parceria com o Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida e a Unidade de Saúde Pública”, referiu o município em comunicado

A acção acontece no seguimento de “testes antigénicos feitos aos trabalhadores das autarquias do concelho de Setúbal”. Em ‘cima da mesa’ estiveram igualmente os testemunhos de cinco oradores, que “partilharam experiências e projectos nos quais estão envolvidos”, cuja moderação ficou a cargo de Lucília Pascoal, farmacêutica e representante da Associação Nacional das Farmácias (ANF).

- PUB -

Duarte Santos, farmacêutico e também representante da ANF, foi o primeiro convidado a intervir, dando a conhecer “O contributo das farmácias no suporte à população”. De acordo com o profissional, “as farmácias são um activo ao serviço do País e podem colocar outros profissionais de saúde ao serviço das pessoas. Pode e deve haver cada vez mais colaboração interprofissional”, considerou.

Em seguida, destacou o Programa Vacinação SNS Local, “que contou com a participação do município de Setúbal, no âmbito do qual o Ministério da Saúde disponibilizou parte do contingente de vacinas de gripe para reforçar a capacidade municipal e permitir a administração de vacinas nas farmácias com as mesmas regras dos centros de saúde”.

“Gostaria de destacar o pioneirismo de Setúbal, que foi dos primeiros a manifestar disponibilidade para que os setubalenses pudessem beneficiar desta forma rápida e eficiente de vacinação”, sublinhou.

- PUB -

“As farmácias em articulação com os cuidados de saúde primários” foi o tema abordado em seguida por Marta Nazha, médica de medicina geral e familiar da Unidade de Saúde Familiar (USF) São Filipe, “que apresentou o projecto de monitorização do doente hipertenso”.

O programa terminou com três exposições, apresentadas por Inês Cunha Pinheiro, Filipe Rodrigues e Isabel Tiago e subordinadas ao tema “Setúbal: exemplos de acção”. Os três especialistas abordaram a “Preparação individualizada de medicação PIM”, a “Luz Verde – Projecto de despensa de medicamentos hospitalares” e “Diabetes: Intervenção das Farmácias”.

 

- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -