9 Agosto 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalCâmara Municipal planeia testar em massa população com cinco espaços fixos no...

Câmara Municipal planeia testar em massa população com cinco espaços fixos no concelho

Acção está a ser planeada em parceria com o Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida e a Unidade de Saúde Pública

 

- PUB -

A Câmara Municipal de Setúbal planeia começar a realizar testes à covid-19 em massa na população, com a fixação de cinco espaços no concelho e uma unidade móvel para o efeito. A informação foi transmitida por Ricardo Oliveira, vereador da Saúde na autarquia sadina, na passada terça-feira, no primeiro encontro do novo ciclo de debates do Fórum Saúde “Setúbal a Pensar em Si”.

Na sessão, cujo tema recaiu sobre “a importância do papel das farmácias comunitárias na promoção da saúde pública”, o autarca explicou que a iniciativa está a ser planeada “em parceria com o Agrupamento de Centros de Saúde da Arrábida e a Unidade de Saúde Pública”, referiu o município em comunicado

A acção acontece no seguimento de “testes antigénicos feitos aos trabalhadores das autarquias do concelho de Setúbal”. Em ‘cima da mesa’ estiveram igualmente os testemunhos de cinco oradores, que “partilharam experiências e projectos nos quais estão envolvidos”, cuja moderação ficou a cargo de Lucília Pascoal, farmacêutica e representante da Associação Nacional das Farmácias (ANF).

- PUB -

Duarte Santos, farmacêutico e também representante da ANF, foi o primeiro convidado a intervir, dando a conhecer “O contributo das farmácias no suporte à população”. De acordo com o profissional, “as farmácias são um activo ao serviço do País e podem colocar outros profissionais de saúde ao serviço das pessoas. Pode e deve haver cada vez mais colaboração interprofissional”, considerou.

Em seguida, destacou o Programa Vacinação SNS Local, “que contou com a participação do município de Setúbal, no âmbito do qual o Ministério da Saúde disponibilizou parte do contingente de vacinas de gripe para reforçar a capacidade municipal e permitir a administração de vacinas nas farmácias com as mesmas regras dos centros de saúde”.

“Gostaria de destacar o pioneirismo de Setúbal, que foi dos primeiros a manifestar disponibilidade para que os setubalenses pudessem beneficiar desta forma rápida e eficiente de vacinação”, sublinhou.

- PUB -

“As farmácias em articulação com os cuidados de saúde primários” foi o tema abordado em seguida por Marta Nazha, médica de medicina geral e familiar da Unidade de Saúde Familiar (USF) São Filipe, “que apresentou o projecto de monitorização do doente hipertenso”.

O programa terminou com três exposições, apresentadas por Inês Cunha Pinheiro, Filipe Rodrigues e Isabel Tiago e subordinadas ao tema “Setúbal: exemplos de acção”. Os três especialistas abordaram a “Preparação individualizada de medicação PIM”, a “Luz Verde – Projecto de despensa de medicamentos hospitalares” e “Diabetes: Intervenção das Farmácias”.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -