1 Agosto 2021, Domingo
- PUB -
Início Últimas Nuno Canta recandidata-se sem mexer nos primeiros lugares da lista

Nuno Canta recandidata-se sem mexer nos primeiros lugares da lista

PS aposta na mesma equipa para a Câmara. Cabeças-de-lista à Assembleia e às juntas mantêm-se. A excepção é Pegões

 

- PUB -

Nuno Canta vai recandidatar-se à presidência da Câmara do Montijo nas autárquicas de 26 de Setembro próximo e aposta na mesma equipa que o acompanha actualmente no executivo municipal para os primeiros lugares da lista que encabeça.

Os vereadores Maria Clara Silva, Sara Ferreira e José Manuel Santos vão assim figurar entre o 2.° e o 4.° lugares da lista do PS, que apresentará ainda como 5.° elemento Emanuel Martins, presidente da Juventude Socialista do Montijo. A informação foi confirmada a O SETUBALENSE por Nuno Canta, que, além de presidir à Câmara desde 2013, preside ainda à Comissão Política Concelhia do Montijo do PS.

Definidos estão já também os cabeças-de-lista aos restantes órgãos autárquicos do concelho, registando-se apenas uma alteração em relação às eleições anteriores (2017) – António Miguéns não se recandidata à presidência da Junta da União das Freguesias de Pegões.

- PUB -

Em comunicado, a estrutura local socialista anunciou que aprovou na passada sexta-feira “por unanimidade”, em reunião realizada no auditório da Galeria Municipal do Montijo, as recandidaturas dos actuais presidentes Catarina Marcelino (Assembleia Municipal), Fernando Caria (Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro), Fernando Machado (Junta de Freguesia de Sarilhos Grandes), Armando Piteira (Junta de Freguesia de Canha) e Luís Morais (Junta da União das Freguesias de Atalaia e Alto Estanqueiro-Jardia)

Para encabeçar a candidatura à Junta da União das Freguesias de Pegões foi escolhido “Mário Ferreira, jovem de Pegões com um percurso reconhecido no associativismo local”, revelou a concelhia do PS. De resto, a estrutura local do partido adianta que o actual presidente António Miguéns integra, no entanto, a lista candidata àquela assembleia de freguesia.

Confiança em novo triunfo

- PUB -

As escolhas “revelam a confiança do PS Montijo nos actuais autarcas que se encontram na liderança da Câmara, Assembleia [Municipal] e juntas de freguesia”, justifica o órgão concelhio, que acredita na reedição de uma nova vitória a toda a linha. “Mais do que uma aposta na continuidade, o PS Montijo aposta no mérito, na competência, na dedicação à causa pública dos seus candidatos, que têm e vão continuar a ter a confiança dos eleitores.”

E as áreas prioritárias de acção são identificadas: “Os candidatos do PS assumem desde já o compromisso de prosseguir o caminho do desenvolvimento económico, da redução das desigualdades, da promoção do emprego, da melhoria da qualidade de vida de todos.”

A concluir, a estrutura partidária considera ainda que “só os autarcas socialistas podem construir um governo local de esperança, credível, responsável, ambicioso e orientado para o futuro”.

O PS foi o segundo partido a fechar o processo da escolha de candidatos a todos os órgãos autárquicos do concelho, logo atrás da coligação “O Montijo Conta Comigo”, composta por PSD/CDS/Aliança.

Câmara Oito candidatos a votos

 

Além do socialista Nuno Canta – que se candidata a um terceiro mandato consecutivo –, estão já anunciados mais sete candidaturas à Câmara Municipal do Montijo.

A CDU candidata a vereadora Ana Baliza e a coligação “O Montijo Conta Comigo”, que junta PSD, CDS-PP e Aliança, apresenta como cabeça-de-lista o vereador social-democrata João Afonso.

Já o Bloco de Esquerda leva a votos Ricardo Caçoila, deputado à Assembleia Municipal do Montijo. Estreantes em autárquicas, os partidos Chega e Iniciativa Liberal candidatam, respectivamente, Ricardo Costa e João Pereira.

A estes há ainda a juntar o independente Manuel Fona Vieira, que acabou por apresentar a sua candidatura pelo Partido Popular Monárquico (PPM). O PAN também entra na corrida e acaba de anunciar Miguel Dias como cabeça-de-lista (ver peça ao lado). O executivo municipal do Montijo é composto por quatro elementos do PS, dois da CDU e um eleito pela coligação PSD/CDS-PP.

- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -