4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Local Alcochete Quebrada Norte renasce como “coração verde” da freguesia alcochetana

Quebrada Norte renasce como “coração verde” da freguesia alcochetana

Empreitada prevê criação de caminhos pedonais, de parque infantil e de espaços verdes e recuperação da linha de água

 

- PUB -

A zona da Quebrada Norte prepara-se para ‘renascer’ como um dos “corações verdes” da freguesia de Alcochete, numa obra orçada em 279 mil e 645 euros.

O projecto, assim como o lançamento do concurso público, foi aprovado em reunião de câmara por unanimidade, a partir da qual Fernando Pinto, presidente da edilidade, explicou que no “espaço emblemático, que tem sofrido muito ao longo dos anos, vai nascer uma nova centralidade e um novo foco de atenção”.

A empreitada, com um prazo de execução de 180 dias, prevê a criação de um novo espaço verde e de lazer, “recuperando o existente, que se encontra bastante degradado”, acrescentou.

- PUB -

O projecto “define-se essencialmente em quatro eixos principais: uma zona de caminhos pedonais, uma de parque infantil, zonas de espaços verdes e limpeza e recuperação da linha de água, com substituição das pontes existentes, por meios manuais”.

A intervenção engloba igualmente a “plantação de árvores e uma sementeira de tipo prado”, assim como “a colocação de novo mobiliário urbano, com mesas, bancos, papeleiras e bebedouros, e uma zona de pic-nic”.

Ao nível do parque infantil, vão ser instalados “novos equipamentos e piso sintético”, tal como vão ser disponibilizados “novos equipamentos de resíduos sólidos urbanos e ecopontos”.

- PUB -

Também passará a existir na zona da Quebrada Norte um espaço para parqueamento de bicicletas, a par dos já executados “em todo o parque escolar e em todos os edifícios públicos”. “Isto cada vez mais assume relevante importância no concelho”, referiu Fernando Pinto.

No que diz respeito à iluminação, “foi proposto a substituição da rede existente, que será composta pelas alimentações às colunas de iluminação pública propostas e à interligação com as redes adjacentes à área de intervenção, através das colunas existentes a manter”.

Em termos de drenagem, “prevê-se uma inclinação nos caminhos pedonais, de forma meramente suave, permitindo o escoamento das águas pluviais para as zonas premiáveis”.

“É com muito agrado que chego a esta fase. Este é certamente um passo mais importante naquela área, zona muito interessante do ponto de vista urbanístico, que o executivo vai dar. Esteve estagnada no tempo, muito por força das circunstâncias do abrandamento que se sentiu durante vários anos na área da construção”, salientou o autarca.

- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -