24 Outubro 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Setúbal Praia da Figueirinha iça ‘azulinha’ ao vento

Praia da Figueirinha iça ‘azulinha’ ao vento

Este Verão é o décimo terceiro consecutivo em que a Bandeira Azul é atribuída a esta praia de Setúbal

- PUB -

 

A Bandeira Azul já oscila ao vento na Praia da Figueirinha, assim como o galardão de Praia Acessível. A cerimónia do hastear das duas bandeiras neste areal da Serra da Arrábida, em Setúbal, decorreu na manhã de segunda-feira, na presença da presidente da Câmara sadina, do capitão do porto e de representantes do Porto de Setúbal, Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Agência Portuguesa do Ambiente e técnicos municipais.

“Estes galardões dão confiança e mais qualidade de vida às pessoas e [também] mais razões para cá virem”, afirmou a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, durante o içar das bandeiras, um acto que contou com o capitão do porto, Paulo Alcobia Portugal.

- PUB -

Este Verão é o décimo terceiro consecutivo em que a Bandeira Azul é atribuída à Praia da Figueirinha, zona balnear que tem sido avaliada, consecutivamente e num espectro alargado de critérios, “com elevados índices de qualidade ambiental, turística e sanitária”, refere a autarquia em comunicado.

Na Campanha da Bandeira Azul da Europa, este ano com o tema “Recuperação de Ecossistemas”, é considerado para efeitos de candidatura, à imagem do ano passado, um total de 32 critérios, 28 dos quais de cumprimento obrigatório.

Esses critérios, aos quais a Praia da Figueirinha respondeu “positivamente”, estão relacionados com “Informação e Educação Ambiental”, “Qualidade da Água”, “Gestão Ambiental e Equipamentos” e “Segurança e Serviços”.

- PUB -

Já a Bandeira de Praia Acessível atesta as condições deste espaço para acolher utilizadores com mobilidade reduzida.

A Campanha da Bandeira Azul da Europa, organizada pela Fundação para a Educação Ambiental, com o apoio da Comissão Europeia, começou em 1987 e está integrada no programa do Ano Europeu do Ambiente.

A ‘azulinha’ pretende consciencializar a sociedade para a necessidade de protecção do ambiente marinho e costeiro e incentivar a realização de acções conducentes à resolução dos problemas existentes.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -