4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Local Palmela Palmela investe mais de 8,2 milhões de euros para melhorar transportes públicos

Palmela investe mais de 8,2 milhões de euros para melhorar transportes públicos

Assembleia Municipal viabiliza acordo com a Área Metropolitana de Lisboa e autoriza despesa

 

- PUB -

Palmela vai investir mais de 8,2 milhões de euros, entre 2022 e 2029, para garantir a nova oferta de transportes públicos rodoviários no concelho. A Assembleia Municipal aprovou, no passado dia 9, a celebração de um acordo entre a autarquia palmelense e a Área Metropolitana de Lisboa, entidade com a competência dos transportes.

“Foi também autorizada a despesa e compromissos plurianuais entre 2022 e 2029, associados ao acordo, no valor máximo de 1 milhão e 656 mil euros anuais, até 2025, e 6 milhões e 626 mil euros, entre 2026 e 2029”, revelou a autarquia, em nota de Imprensa.

O município espera um aumento da oferta de carreiras na ordem dos 140%, no âmbito do concurso internacional que a AML realizou para a contratualização de transportes rodoviários de passageiros. “Além do crescimento da oferta, este serviço, já adjudicado, permitirá o rejuvenescimento da frota, o aumento da eficiência, informação, qualidade, sustentabilidade ambiental e responsabilidade social”, salienta a edilidade, que lembra ainda os contornos da operação. “Trata-se de um investimento que resulta do trabalho desenvolvido durante cerca de dois anos pela AML e pelos 18 municípios envolvidos, entre os quais, Palmela, com a elaboração de um vasto número de estudos para desenhar uma nova e mais completa rede de transportes.”

- PUB -

A Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML), detida a 100% pela AML, “será a entidade responsável pela gestão do serviço público de transportes rodoviários da área metropolitana, pela instalação de uma plataforma tecnológica integradora do sistema de bilhética e de informação ao público, pelo desenvolvimento de estudos e planos, e pela implementação de políticas de acessibilidade, mobilidade e transportes”, recorda ainda a autarquia.

O concelho de Palmela será servido pelos transportes do agrupamento liderado pela Nex Continental Holdings.

Reabilitação urbana

- PUB -

Aprovado na mesma sessão, foi também o relatório 2020 referente às Operações de Reabilitação Urbana (ORU) dos Centros Históricos de Palmela e Pinhal Novo.

“O documento, elaborado pela Câmara Municipal, monitoriza o desenvolvimento e execução das ORU, face aos objectivos definidos, identifica a dinâmica dos privados em função dos incentivos à reabilitação e determina potenciais ajustes para a melhoria da implementação das operações de reabilitação em curso”, faz notar o município, na mesma nota.

De acordo com a autarquia, o período marcado pelo contexto pandémico “não se mostrou adverso ao bom desenvolvimento da ORU do Centro Histórico de Palmela”, já que foi registado “interesse por parte dos particulares em investir e reabilitar naquela zona”.

No relatório, no investimento público, a edilidade destaca “as intervenções, em desenvolvimento, de requalificação do Salão Nobre e edifício dos Paços do Concelho, a criação do Centro de Investigação de Património Cultural de Palmela, a instalar no antigo edifício da GNR, e o reforço estrutural e requalificação da Capela de São João Baptista”. Além disso, o relatório propõe também, entre outros, dar continuidade ao “levantamento, verificação e validação do estado de conservação do edificado integrado na ARU de Pinhal Novo, incrementando o contacto directo com os proprietários de modo a incentivá-los à reabilitação”.

- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -