21 Junho 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Política Coligação RIR/PDR aposta em Carina Deus para a Câmara de Setúbal e...

Coligação RIR/PDR aposta em Carina Deus para a Câmara de Setúbal e Joaquim Leal Torres à Assembleia

Cabeça-de-lista da coligação acusa gestão comunista de varrer os problemas para debaixo do tapete

- PUB -

Carina Deus é a candidata do RIR e PDR à presidência da Câmara de Setúbal e Joaquim Leal Torres avança à Assembleia Municipal. Os candidatos foram anunciados ontem, e vão ser o rosto da coligação “Todos Somos Setúbal”, que se apresenta às autárquicas deste ano.

Esta é a primeira vez que a coligação que junta o partido Reagir Incluir Reciclar (RIR) e o Partido Democrático Republicano (PDR) vem a disputa eleitoral em Setúbal. Propõe-se com o objectivo de “apresentar soluções efectivas para os problemas com que a população do concelho se depara diariamente, e para que o futuro dos setubalenses seja mais risonho do que aquele que tem sido, reiteradamente, adiado pelo actual executivo [CDU]”, refere a estrutura da campanha.
Acrescenta o mesmo documento, cintado a candidata à presidência da Câmara, que “os setubalenses estão fartos de meras medidas publicitárias criadas por quem dirige os destinos da Câmara Municipal de Setúbal, as quais apenas visam ‘limpar para debaixo do tapete’ os graves problemas que este concelho tem”.

Carina Deus, que se apresenta como candidatura “de uma verdadeira setubalense”, garante que “não se irá demarcar em caso de não eleição” e que não irá “acumular outros cargos públicos”, e justifica: “estou apenas concentrada em dar ao povo deste concelho maravilhoso, aquilo que os munícipes merecem e que tem sido reiteradamente prometido, mas nunca cumprido”.

- PUB -

Reafirmando que a sua candidatura “é a favor de todos os setubalenses”, garante que vai “trabalhar diariamente na Câmara Municipal”. A sua convicção é que “um presidente deverá comprometer-se com os princípios da lealdade, honestidade, respeitando todos os valores que integram a capacidade pessoal”.

Mais uma vez em tom de crítica, a candidata da coligação RIR/PDR afirma que “o povo de Setúbal não tem sido ouvido pelas entidades competentes”, pelo que “é necessário criar condições para que os setubalenses aqui residam com dignidade, constituam família, passem uma velhice tranquila e, principalmente, consigam ser felizes na terra que amam”.

A isto, o candidato à Assembleia Municipal, Joaquim Leal Torres, acrescenta que para “garantir o futuro das gerações vindouras é necessário “atrair investimento, nacional e estrangeiro, e dar condições às empresas para que estas não se estabeleçam noutros locais, pois isso é muito importante para o desenvolvimento económico de Setúbal”.

- PUB -

Mais populares

Moradores de cooperativas em Azeitão preocupados com leilão das suas casas

Os moradores da Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bairro dos Trabalhadores, em Azeitão, foram recentemente surpreendidos com a informação de que as suas...

Burger King abre este Verão na Quinta Fonte da Prata

Novo espaço vai criar 20 postos de trabalho e terá Drive In disponível   O novo restaurante da cadeia norte-americana Burger King, cuja estrutura encontra-se em...

Nuno Pinto: “Para o ano voltaremos a tentar ainda mais fortes”

“Sem sombra de dúvidas, foi a temporada mais complicada da minha carreira”, afirma.
- PUB -