19 Janeiro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoArte de Smile enriquece cultura montijense com mural dedicado aos pescadores e...

Arte de Smile enriquece cultura montijense com mural dedicado aos pescadores e às festas

Trabalho foi iniciado há cerca de uma semana e deverá ficar terminado já amanhã

 

- PUB -

Cerca de 90 litros de tinta e de 200 latas de spray depois, amanhã fica concluído o mural de homenagem à comunidade piscatória e às Festas Populares de São Pedro do Montijo. A estimativa é dada por Ivo Santos, 35 anos, conhecido como Smile no mundo da arte urbana, ele que iniciou na segunda-feira passada a pintura que vem enriquecer o património cultural local, em plena zona tradicional montijense: o Bairro dos Pescadores.

O artista foi convidado pela Câmara Municipal do Montijo a embelezar a fachada de um imóvel, localizado nas traseiras do Museu do Pescador. E o resultado, ao fim de cinco dias de trabalho, já evidencia todo o simbolismo pretendido para exaltar a identidade e tradição locais. Na parede estão já representados alguns elementos, ligados à comunidade piscatória e aos principais festejos da cidade que se entrelaçam e dispensam apresentações entre a comunidade. A Igreja Matriz não falta, mas a figura central é a de São Pedro – pela grande ligação à população local e às festas – que neste trabalho artístico terá “uma imagem mais realista”, revela Smile. Até porque, o realismo é algo que “caracteriza” o seu estilo de pintura. Outro elemento representado é uma gaivota. “Tem a ver com o mar e com a pesca”, faz notar o artista, que contempla ainda no mural “uma das embarcações antigamente muito usadas na arte piscatória”, além de uma representação de um barco de papel (origami). “Em crianças costumamos fazer barcos em papel. É importante esta ligação entre as crianças [o futuro] num momento em que a arte piscatória está cada vez mais a perder-se”, explica.

Vermelho pelos cartazes da festa

- PUB -

As cores vermelho e azul, além de alguns motivos em amarelo, predominam no mural. E existe uma razão para a opção. “Optei por ter o vermelho como cor base. Fiz uma pesquisa a todos os cartazes que se têm vindo a fazer a anunciar as Festas de São Pedro e estas cores estavam muito presentes. Nesses trabalhos utiliza-se muito o vermelho e o amarelo também. Mas terá mais cores”, admite.

Para já, o trabalho tem despertado atenções entre a comunidade residente local. “Tem tido boa aceitação. As pessoas estão bastante satisfeitas e ansiosas. Cada dia que passa faço uma coisa nova e passam por aqui para ver”, conta, no exacto momento em que um transeunte se detém, de telemóvel em riste, para recolher imagens do trabalho.

Este, de resto, não é o primeiro trabalho dedicado à pesca levado a efeito por Smile. O último está reflectido “em Setúbal, num mural ao longo da Estrada Nacional 10”, lembra o artista que, nesse trabalho deixou inscrita uma frase: “O peixe mesmo na rede do pescador ainda carrega o cheiro do mar”. Antes também já havia criado um mural em Almada também com motivos alusivos à arte e comunidade piscatória.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia

Rua José de Groot Pombo encerrada até Abril devido a “exigente e profunda” obra

Intervenção dedicada à reabilitação integral da via, incluindo a construção de passeios mais acessíveis   A Rua José de Groot Pombo, em Setúbal, vai permanecer encerrada...

Mais de 70 lotes de terreno no Bairro Grito do Povo alienados a proprietários de habitações

Os lotes vão ser vendidos a moradores e descendentes directos, que pretendam melhorar as condições de habitabilidade
- PUB -