22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalAlmadaPSD e CDS formam AD em Almada para concorrer à presidência da...

PSD e CDS formam AD em Almada para concorrer à presidência da câmara

O social-democrata Nuno Matias vai liderar uma lista que terá como primeiro nome do CDS/PP Sara Gomes

- PUB -

 

O PSD e o CDS/PP vão apresentar-se coligados às Autárquicas 2021 em Almada. O protocolo de acordo é assinado na próxima quarta-feira, 12 de Maio, às 18h00, no Auditório do Convento dos Capuchos, Caparica, e formaliza a AD – Almada Desenvolvida, que integra também os partidos Aliança, MPT e PPM.

A lista da coligação de centro-direita é liderada pelo social-democrata Nuno Matias, actual vereador executivo na Câmara de Almada, e tem como número dois o também vereador, além e administrador dos Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Almada, Miguel Salvado, eleito pelo PSD.

- PUB -

Com a ordem dos lugares na lista ainda a ser negociada, o CDS/PP tem Sara Gomes, actual presidente da Comissão Política Concelhia, como primeiro nome representado. À Assembleia Municipal de Almada, os centristas candidatam António Pedro Maco, neste momento com assento no mesmo órgão autárquico. Por parte do PSD ainda não é conhecido o nome à Assembleia, numa lista também de coligação que, por enquanto, não está ordenada.

Neste mandato a Câmara de Almada é gerida pelo PS que, apesar de ter obtido a maioria dos votos nas autárquicas de 2017, precisou de fazer uma coligação pós-eleitoral com o PSD para governar. Um acordo que Nuno Matias mantém em aberto para o próximo mandato.

“Acredito que a AD – Almada Desenvolvida tem todas as condições para vencer a Câmara de Almada mas, se necessário for, estamos disponíveis para qualquer cenário”, diz Nuno Matias. O candidato vinca que na gestão partilhada com os socialistas no executivo liderado por Inês de Medeiros, “o PSD mostrou-se sempre capaz para ajudar a governar. Foi factor de estabilidade, leal, e fez obra”, e reforça: “Desejamos que o projecto AD vença em Almada, e também continuaremos disponíveis para criar condições de governabilidade e ajudar ao desenvolvimento de Almada”.

- PUB -

O esforço pela progressão do concelho é também apontado por António Pedro Maco, que se refere à “construção do projecto AD – Almada Desenvolvida” como o “principal” tema das conversações com os restantes partidos da coligação, ou seja: “os lugares na lista estão a ser ponderados, mas primeiro estamos a definir as propostas para Almada”.

A apresentação do protocolo da coligação vai contar com intervenções do presidente do PSD, Rui Rio, e do presidente do CDS/PP, Francisco Rodrigues dos Santos.

Na corrida à presidência da Câmara de Almada a primeira candidata a perfilar- foi a deputada à Assembleia da República e vereadora em Almada Joana Mortágua que voltou a merecer a confiança do Bloco de Esquerda para mais uma disputa eleitoral.

A CDU candidata Maria das Dores Meira, actual presidente da Câmara de Setúbal que não se pode recandidatar a esta autarquia por ter atingido o limite de mandatos previstos por lei.

Quanto ao Chega, o candidato é Manuel Matias, assessor político do gabinete parlamentar do partido liderado por André Ventura.

Da parte do PS, tudo indica que Inês de Medeiros volta a candidatar-se à Câmara de Almada, mas não existe ainda nenhuma informação oficial.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -