21 Junho 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Grândola Modernização do troço ferroviário Ermidas Sado – Grândola Norte já em concurso...

Modernização do troço ferroviário Ermidas Sado – Grândola Norte já em concurso público

A empreitada implica um investimento de 6 milhões de euros e tem um prazo de execução de 420 dias

- PUB -

 

A Infraestruturas de Portugal deu a saber hoje que está a decorrer o concurso público para a contratação da empreitada “Modernização da ligação ferroviária entre Sines e a Linha do Sul. 2.ª Fase Troço Ermidas Sado – Grândola Norte”. Uma empreitada que implica um investimento de 6 milhões de euros, como valor base de concurso.

Publicado a 30 de Abril em Diário da República, pela empresa pública, o concurso é promovido no âmbito do programa de modernização da Rede Ferroviária Nacional Ferrovia2020, estipula um prazo de execução, previsto, de 420 dias.

- PUB -

Em comunicado, a Infraestruturas de Portugal indica que que esta intervenção considera o reforço da capacidade e das condições de segurança e exploração da infra-estrutura ferroviária envolvendo, entre outros, trabalhos como a “modernização da superestrutura de via nas linhas intervencionadas nas Estações Ferroviárias de Ermidas – Sado e de Canal Caveira, com a aplicação de travessas de betão polivalentes, que asseguram uma rápida migração da bitola ibérica para a bitola europeia, quando for necessário no futuro”.

A obra inclui ainda o “prolongamento de linhas nas estações de Ermidas – Sado e Canal Caveira, na Linha do Sul, de modo a permitir a circulação e cruzamento de comboios de mercadorias com 750 m de comprimento”, assim como a “vedação do canal ferroviário nas Linhas de Sines e do Sul”, e a “reabilitação dos sistemas de drenagem da via”.

Segundo a Infraestruturas de Portugal, a obra agora na calha “irá dar continuidade aos investimentos da ‘Empreitada geral de modernização da ligação ferroviária entre o Porto de Sines e a Linha do Sul’, já lançados”.

- PUB -

Esta empreitada “é promovida no âmbito do projecto de criação do Corredor Internacional Sul que visa reforçar a conexão ferroviária dos portos e das zonas industriais e urbanas localizadas no sul de Portugal, quer a Espanha, quer ao resto da Europa”, refere a empresa pública.

As Linhas de Sines e do Sul inserem-se no trajecto mais curto entre o Porto de Sines e Madrid. Os projectos a realizar visam “dotar estas vias de características que promovam o aumento de capacidade e a interoperabilidade, aumentando a eficiência e a competitividade do transporte ferroviário de mercadorias”.

Os investimentos para a Modernização da Ligação Ferroviária entre Sines e a Linha do Sul integram a Acção 2016-PT-TMC-0059-M – Ligação Ferroviária Sines/Elvas (Espanha): Troço Évora-Caia, aprovada ao abrigo do Programa CEF (Mecanismo Interligar a Europa) com uma taxa de co-financiamento de 85%.

 

- PUB -

Mais populares

Moradores de cooperativas em Azeitão preocupados com leilão das suas casas

Os moradores da Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bairro dos Trabalhadores, em Azeitão, foram recentemente surpreendidos com a informação de que as suas...

Burger King abre este Verão na Quinta Fonte da Prata

Novo espaço vai criar 20 postos de trabalho e terá Drive In disponível   O novo restaurante da cadeia norte-americana Burger King, cuja estrutura encontra-se em...

Nuno Pinto: “Para o ano voltaremos a tentar ainda mais fortes”

“Sem sombra de dúvidas, foi a temporada mais complicada da minha carreira”, afirma.
- PUB -