22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalGrândolaModernização do troço ferroviário Ermidas Sado – Grândola Norte já em concurso...

Modernização do troço ferroviário Ermidas Sado – Grândola Norte já em concurso público

A empreitada implica um investimento de 6 milhões de euros e tem um prazo de execução de 420 dias

- PUB -

 

A Infraestruturas de Portugal deu a saber hoje que está a decorrer o concurso público para a contratação da empreitada “Modernização da ligação ferroviária entre Sines e a Linha do Sul. 2.ª Fase Troço Ermidas Sado – Grândola Norte”. Uma empreitada que implica um investimento de 6 milhões de euros, como valor base de concurso.

Publicado a 30 de Abril em Diário da República, pela empresa pública, o concurso é promovido no âmbito do programa de modernização da Rede Ferroviária Nacional Ferrovia2020, estipula um prazo de execução, previsto, de 420 dias.

- PUB -

Em comunicado, a Infraestruturas de Portugal indica que que esta intervenção considera o reforço da capacidade e das condições de segurança e exploração da infra-estrutura ferroviária envolvendo, entre outros, trabalhos como a “modernização da superestrutura de via nas linhas intervencionadas nas Estações Ferroviárias de Ermidas – Sado e de Canal Caveira, com a aplicação de travessas de betão polivalentes, que asseguram uma rápida migração da bitola ibérica para a bitola europeia, quando for necessário no futuro”.

A obra inclui ainda o “prolongamento de linhas nas estações de Ermidas – Sado e Canal Caveira, na Linha do Sul, de modo a permitir a circulação e cruzamento de comboios de mercadorias com 750 m de comprimento”, assim como a “vedação do canal ferroviário nas Linhas de Sines e do Sul”, e a “reabilitação dos sistemas de drenagem da via”.

Segundo a Infraestruturas de Portugal, a obra agora na calha “irá dar continuidade aos investimentos da ‘Empreitada geral de modernização da ligação ferroviária entre o Porto de Sines e a Linha do Sul’, já lançados”.

- PUB -

Esta empreitada “é promovida no âmbito do projecto de criação do Corredor Internacional Sul que visa reforçar a conexão ferroviária dos portos e das zonas industriais e urbanas localizadas no sul de Portugal, quer a Espanha, quer ao resto da Europa”, refere a empresa pública.

As Linhas de Sines e do Sul inserem-se no trajecto mais curto entre o Porto de Sines e Madrid. Os projectos a realizar visam “dotar estas vias de características que promovam o aumento de capacidade e a interoperabilidade, aumentando a eficiência e a competitividade do transporte ferroviário de mercadorias”.

Os investimentos para a Modernização da Ligação Ferroviária entre Sines e a Linha do Sul integram a Acção 2016-PT-TMC-0059-M – Ligação Ferroviária Sines/Elvas (Espanha): Troço Évora-Caia, aprovada ao abrigo do Programa CEF (Mecanismo Interligar a Europa) com uma taxa de co-financiamento de 85%.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -