14 Maio 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Dores Meira: “É nosso dever por fim ao retrocesso de quatro anos...

Dores Meira: “É nosso dever por fim ao retrocesso de quatro anos em Almada”

Maria das Dores Meira apresenta candidatura com promessa de desenvolvimento da economia e da autoestima. Maior obra é Metro passar a subterrâneo na cidade

 

- PUB -

Maria da Dores Meira, ainda autarca de Setúbal, já é oficialmente candidata a presidente da Câmara de Almada. Apresentou a candidatura na sexta-feira ao final da tarde, numa cerimónia na Praça da Liberdade que juntou centenas de pessoas e contou com a presença de Jerónimo de Sousa, secretário-geral do PCP.

A candidata da CDU promete desenvolver a economia local e a auto-estima dos almadenses, reforçar a proximidade com as instituições e a população e apresenta como “compromisso central” enterrar o troço citadino do Metro Transportes do Sul.

“É nossa firme vontade iniciar a expansão da rede do metro de superfície até à Costa da Caparica e ao Seixal e retirar o metro de cima de terra no centro de Almada para que passe a circular debaixo de terra, acabando assim com as dificuldades geradas por este meio de transporte hoje indispensável para todos nós”, afirmou, esclarecendo que se trata de uma “obra que levará mais do que um mandato a concretizar”.

- PUB -

Dores Meira recordou que a CDU conhece bem o concelho, onde “fez um intenso trabalho ao longo de 40 anos”, e avançou com as suas prioridades, que são definir uma estratégia de educação e promoção ambiental, “transversal”, lançar um programa de habitação pública, em parceria com o IHRU, para arrendamento acessível e renda apoiada e requalificação dos bairros sociais.

A conclusão do novo PDM, a implementação de um plano de acção para a frente costeira e ribeirinha e a reconversão das áreas urbanas ilegais, são outras das prioridades.

“É nossa responsabilidade, é nosso dever pôr fim a este período de retrocesso para que Almada foi empurrada nos últimos quase quatro anos” e “temos de corrigir anos de má governação que, de forma grave e inaceitável, provocaram feridas no ambiente”, foi o que de mais directo a candidata CDU disse relativamente à actual gestão socialista, de Inês de Medeiros.

- PUB -

Primeiro falou António Matos, actual vereador CDU em Almada, que defendeu a candidatura de Dores Meira como sendo o que “Almada precisa para parar ciclo de três anos de regressão” e “letargia”.

Jerónimo de Sousa “Quatro anos de gestão PS sobraram”

Jerónimo de Sousa, depois de tecer duras críticas à atual gestão socialista, disse que “Maria das Dores Meira transporta consigo o valor indesmentível de uma obra feita em Setúbal” e afirmou-se convicto de que “o trabalho, a honestidade e a competência têm hora marcada para voltar a marcar presença na autarquia de Almada”.

“Quatro anos de gestão PS sobraram para ver como Almada andou para trás na sua vida cultural e popular, nas condições de trabalho e nos direitos dos trabalhadores da autarquia, no apoio ao movimento associativo e às dezenas de coletividades que são a seiva da vida social e coletiva deste concelho”, disse Jerónimo de Sousa que criticou também uma alegada perda na qualidade do serviço público.

“Muita propaganda, muita promessa na linha do que o PS nos habitua, mas pouco ou nada feito quando não o inverso do prometido”, frisou. Lusa

- PUB -

Mais populares

GNR desmantela maior rede de tráfico de amêijoa do Tejo em mega-operação com 200 militares

Operação resultou na detenção de seis homens e duas mulheres e na apreensão de 120 mil euros, 22 veículos e 14 embarcações   Um grupo de...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...

Detidos em operação internacional de captura de amêijoa no Tejo são portugueses

Detidos serão presentes amanhã e quinta-feira ao tribunal do Montijo para 1.º interrogatório e aplicação das respectivas medidas de coacção   Os cinco detidos numa mega-operação...
- PUB -