8 Maio 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal Atendimento pouco pontual e ansiedade dos utentes gera ajuntamento à porta do...

Atendimento pouco pontual e ansiedade dos utentes gera ajuntamento à porta do centro de vacinação

Junto à porta do Cais 3, aos utentes que respeitaram a marcação, juntaram-se muitos que se anteciparam à hora estipulada para tomar a vacina

 

- PUB -

A forte adesão da população à toma da vacina contra a covid surpreendeu, na manhã desta quinta-feira, quem gere o processo no Centro de Vacinação de Setúbal, no Cais 3 da Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra (APSS).

Desde as 9 horas da manhã que centenas de pessoas passaram por este centro, à beira-rio, e já foram vacinadas. A maior concentração teve lugar logo na primeira hora com o ajuntamento a não respeitar o distanciamento social.

- PUB -

Apesar do sistema de vacinação funcionar por marcação antecipada, muitas pessoas chegaram ao local, muito antes, algumas uma hora antes da sua vez. Também por isso, um único elemento da segurança à porta de entrada, sentia evidentes dificuldades para fazer o processo fluir. A solução encontrada foi a de, entre a pequena multidão, fazer alinhar uma fila de 10 em 10 minutos. Ao final da manhã o atraso entre a hora de marcação e a hora de chamada já estava perto dos 50 minutos.

O processo em si, diz-nos quem tinha acabado de ser vacinado, mas que não se quis identificar, “é muito fácil. Entramos, preenchemos uns papeis, pouco depois tomamos a vacina, 30 minutos para ver se há alguma reacção e já está, mais ou menos uma hora”. O utente exorta os que ainda têm algumas dúvidas em tomar a vacina. “Não custa nada e é o melhor para todos”. “Eu estou um pouco nervosa, mas o que for será”, diz-nos uma senhora, num tom de ansiedade. “Olhe, eu não sei qual é a marca da vacina, mas temos de confiar, se eles dizem que é esta, então temos de tomar porque é melhor estar protegido pelo sim pelo não”, confessava-nos, por seu lado, João Canelas, de 77 anos.

 

- PUB -

Joana Cordeiro, quase a ser chamada para a fila das 11.20, tremia um pouco “por estar um pouco frio, mas se calhar também porque isto é uma novidade para nós e as vacinas têm coisas boas, mas também podem ter, olhe nunca se sabe. Conheço um casal que depois de tomar a vacina à tarde, sentiram os dois, a meio da noite. Alguns suores frios e indisposição, mas rapidamente passou. Por isso estou um pouco nervosa, mas com confiança de que tudo vai correr bem”.

SMS da vacinação
A convocatória para a vacinação é feita, preferencialmente, através de SMS, enviado através do número “2424”. Na mensagem é indicada a data, hora e local de vacinação do utente. A resposta deve ser enviada num prazo de 24 horas, no formato “SNS.NºUtente.SIM/NAO”. Exemplo: SNS.123456789.SIM.
Na ausência de resposta ou recusa do agendamento, o centro de saúde entra em contacto telefonicamente. Em último caso, é enviada uma carta.
Cada utente pode verificar se integra a fase de vacinação que está a decorrer através da plataforma da Direcção-Geral da Saúde – https://covid19.min-saude.pt/vacinacao/ – e preenchendo o formulário.

Administração da vacina
A vacina é administrada no músculo do braço, em duas doses com intervalo de 28 dias. No caso da vacina da Astrazeneca, o intervalo deve ser de 12 semanas.

Precauções antes de ser vacinado
Se forem detectados sintomas como febre, tosse, dificuldade respiratória, alterações do paladar ou do olfacto não se deve ser vacinado. O mesmo aplica-se em caso de isolamento profiláctico.

Informações importantes para os profissionais de saúde
Se o utente já teve uma reacção anafiláctica a outros medicamentos, tem imunodeficiência, realiza terapêutica imunossupressora, tem doenças de coagulação, alteração das plaquetas ou faz terapêutica com anticoagulantes deve informar os profissionais de saúde.

O que fazer depois de ser vacinado
O utente deve manter-se junto ao local onde foi vacinado durante, pelo menos, 30 minutos. As reacções alérgicas graves, apesar de muito raras, surgem geralmente pouco tempo depois de ser administrada a vacina. Os profissionais de saúde saberão como controlar a situação.

 

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Sindicato não aceita aumentos de salários propostos pela administração da Autoeuropa

Administração da fábrica da Volkswagen em Palmela quer acordo que prevê aumentos salariais a três anos em função da taxa de inflação, sindicato contesta

Empresa dedicada à comercialização de canábis chega a Setúbal com nova unidade no parque BlueBiz

Espaço servirá para pós-colheita da planta medicinal. Produtora escolheu a cidade sadina “por possuir excelentes acessibilidades e oferecer flexibilidade nas suas instalações”   A empresa Clever...
- PUB -