11 Maio 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Almada Laboratório de nanomateriais da cientista Elvira Fortunato no Monte de Caparica vai...

Laboratório de nanomateriais da cientista Elvira Fortunato no Monte de Caparica vai ser ampliado

Primeira pedra do novo laboratório da investigadora e cientista Elvira Fortunato foi colocada ontem e a obra deverá estar concluída até Dezembro

- PUB -

 

O novo laboratório de referência em materiais avançados sustentáveis Nanova foi apresentado ontem, em cerimónia de colocação da primeira pedra.

Trata-se de um edifício que vai ampliar este espaço de investigação e ciência, com trabalho para aplicação na electrónica ou na indústria farmacêutica, onde trabalham a cientista Elvira Fortunato e a sua equipa. Um projecto que deverá ser concluído até Dezembro.

- PUB -

Elvira Fortunato dirige o Centro de Investigação de Materiais, no ‘campus’ do Monte de Caparica, em Almada, da Universidade Nova de Lisboa, da qual é vice-reitora.

O novo edifício, e parte do respectivo equipamento, representa um investimento de cerca de três milhões de euros, suportado em 40% pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional de Lisboa e Vale do Tejo (CCDR-LVT) e no restante pela Universidade Nova de Lisboa.

Este novo espaço de ampliação do laboratório vai ligar os dois já existentes por onde se reparte o funcionamento do laboratório Nanova – Laboratório de Nanocaracterização e Materiais Avançados.

- PUB -

Com esta “expansão”, Elvira Fortunato, inventora do ‘papel electrónico’, pretende que o Nanova, único no género na região de Lisboa e Vale do Tejo, seja “uma referência internacional”.

Equipado com tecnologia de ponta, incluindo microscopia electrónica, o laboratório permite caracterizar e fabricar materiais à escala nanométrica, como compósitos ou biomateriais, com aplicação na indústria automóvel, aeroespacial e farmacêutica ou na electrónica, exemplificou Elvira Fortunato.

Além de fornecer serviços para empresas e fazer investigação, o Nanova é um espaço de apoio à aprendizagem de alunos, adiantou a cientista, que em Março foi galardoada com o Prémio Pessoa 2020 e com o prémio anual da federação mundial de organizações do sector da engenharia.

Na cerimónia de ontem estiveram presentes o ministro da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, a secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, a presidente da CCDRLVT, Teresa Almeida, a presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês de Medeiros, o reitor da NOVA, João Sàágua, a vice-reitora da NOVA, Elvira Fortunato e o director da NOVA School of Science and Technology | FCT NOVA, Virgílio Cruz Machado.

Com ER – Lusa

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Empresa dedicada à comercialização de canábis chega a Setúbal com nova unidade no parque BlueBiz

Espaço servirá para pós-colheita da planta medicinal. Produtora escolheu a cidade sadina “por possuir excelentes acessibilidades e oferecer flexibilidade nas suas instalações”   A empresa Clever...

Luís Maurício: “Vamos fazer tudo para criar a polícia municipal”

Cabeça-de-lista do Chega à Câmara de Setúbal diz que concelho é inseguro e quer videovigilância em certas zonas da cidade   Luís Maurício, de 42 anos,...
- PUB -