22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalGrupo de Escoteiros de Azeitão promove recolha de bens essenciais para ajudar...

Grupo de Escoteiros de Azeitão promove recolha de bens essenciais para ajudar famílias carenciadas

Artigos angariados no próximo dia 17 vão ser entregues aos projectos “Mães de Azeitão” e “Meninos de Oiro”

O Grupo de Escoteiros de Azeitão “não pode ficar alheio” ao facto de várias famílias estarem a passar actualmente dificuldades na vila “e arredores”, motivo que o levou a organizar uma campanha de recolha de bens essenciais no próximo dia 17, na sua sede.

- PUB -

Os produtos alimentares, de higiene e limpeza angariados vão, assim, ajudar os projectos “Mães de Azeitão”, em conjunto com “Eduardo’s de Mãos Dadas”, e “Meninos de Oiro”. “Em alternativa, entra em contacto com o nosso grupo de escoteiros. Fazemos a recolha do teu donativo antes do dia 17. Podem contactar-nos para o e-mail [email protected]”, explicou o grupo em publicação na sua página de Facebook.

Para o efeito, são necessários produtos enlatados ou em embalagens com prazo de validade extenso, como arroz, atum, leite, massas e salsichas. Entre os objectos de higiene, o grupo pretende angariar, por exemplo, gel de duche, pasta de dentes, escovas de dentes e papel higiénico, entre outros. Ao nível da limpeza, são necessários artigos como detergentes da loiça e de higienização da casa.

A iniciativa encontra-se inserida na actividade nacional “Passo a Passo 21”, desenvolvida pela Associação de Escoteiros de Portugal, com o objectivo de ser desenvolvida uma acção a nível local, fazendo “a diferença” na comunidade.

- PUB -

O projecto “Mães de Azeitão” dedica-se a ajudar agregados familiares carenciados, através da angariação de roupa para crianças e adolescentes. Cresceu a partir da iniciativa “Eduardo’s de Mãos Dadas”, “que conta com todos aqueles que queiram deixar um pouco de si a quem mais precisa”.

Já a associação “Meninos de Oiro”, criada em 2003, tem como propósito “defender os direitos das crianças”. Em Dezembro do mesmo ano foi-lhe “conferido o estatuto de Instituição Particular de Solidariedade Social, reconhecida como Pessoa Colectiva de Utilidade Pública”. Simultaneamente, “passou a fazer parte da Comissão Alargada da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Setúbal, sendo que faz parte também da Rede Social de Setúbal, da Rede Europeia Anti-Pobreza (EAPN), da União das Instituições Particulares de Solidariedade Social UDIPSS (UDIPSS) e da Rede Nacional de Centros de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP)”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -