22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalAlmadaDois homens morrem no Feijó após queda de elevador suspenso

Dois homens morrem no Feijó após queda de elevador suspenso [actualizada]

Dois trabalhadores da construção civil morreram hoje no Feijó, Almada, após a queda de uma estrutura suspensa por cabos de aço de um prédio de cinco andares, informou à agência Lusa fonte dos Bombeiros de Cacilhas e confirmou O SETUBALENSE junto de fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal.

- PUB -

As vítimas estavam a trabalhar na fachada de um edifício na Rua D. Francisco de Almeida e tiveram morte imediata. Segundo avançou a O SETUBALENSE a mesma fonte do CDOS, “os profissionais da Viatura de Emergência Médica e Reanimação [VMER] decretaram os óbitos no local”. A mesma informação também foi adiantada pelo adjunto-comando Maximino Viegas, da Associação dos Bombeiros Voluntários de Cacilhas, à agência Lusa.

“Foi a queda de um bailéu [elevador suspenso] que resultou em duas vítimas cadáveres. Quando chegámos [ao local], a estrutura já estava no chão”, disse Maximino Viegas, que adiantou desconhecer a altura em que se encontrariam os trabalhadores. Mas de acordo com o CDOS, a estrutura móvel estaria a uma altura de “aproximadamente cinco andares do solo”.

- PUB -

O alerta foi dado às 14h40 e ao local acorreram “37 operacionais”, apoiados por “15 veículos”, entre “Bombeiros Voluntários de Cacilhas, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), PSP, Protecção Civil Municipal e Autoridade das Condições de Trabalho”, revelou ainda a O SETUBALENSE aquela fonte do CDOS.

A Polícia Judiciária também foi chamada ao local.

Com Lusa

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -