13 Abril 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Avenida dos Ciprestes condicionada para construção de rotunda

Avenida dos Ciprestes condicionada para construção de rotunda

Obra inserida na Rede Ciclável e Pedonal da Península de Setúbal, um dos projectos intermunicipais da marca Território Arrábida

 

- PUB -

A Avenidas dos Ciprestes, em Setúbal, vai estar condicionada ao trânsito automóvel a partir de hoje, 29 de Março, e por um período previsível de dois meses, para a construção da primeira fase de uma rotunda que passa a ter recorte definitivo, uma vez que, até agora, apenas está identificada com perfis de plástico e sinalização vertical.

Esta regulação da mobilidade insere-se no Ciclop7 – Rede Ciclável e Pedonal da Península de Setúbal, um dos projectos intermunicipais da marca Território Arrábida.

Trata-se de um plano “inserido numa lógica de promoção dos modos suaves de deslocação e de ligações de curta distância nos espaços urbanos e seus contextos periurbanos, promovendo a intermodalidade, a utilização da bicicleta e a adopção do percurso pedonal nas deslocações quotidianas da população”, explica a autarquia em comunicado.

- PUB -

No caso do município de Setúbal, esta acção representa um investimento de 413 mil e 101,26 euros, comparticipado em 206 mil e 550,53 euros, que correspondente a 50% do valor total elegível a financiamento, que engloba o reperfilamento das avenidas dos Ciprestes e Manuel Maria de Portela.

“O Ciclop7 concretiza uma mais ampla ligação entre as redes principais cicláveis dos municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra, de forma a permitir o acesso aos destinos pretendidos em todo o território peninsular”, refere o mesmo comunicado.

No seu todo, este projecto implica um investimento global na ordem dos quatro milhões de euros, que no território dos municípios da Arrábida abrange 17 troços, com um total de cerca de 27 quilómetros, para promover as ligações intermunicipais em modos suaves de mobilidade, mais ecológicos e inclusivos.

- PUB -

A primeira fase de obras de construção da rotunda definitiva vai condicionar a circulação na zona de intersecção com a Azinhaga de São Joaquim e a Rua das Galroas, que, durante o decorrer da mesma vai ter um estreitamento de via nos dois sentidos. Entre as restrições destaca-se ainda o corte de trânsito na Azinhaga de São Joaquim.

Em alternativa, os automobilistas devem circular pelas avenidas Dr. António Rodrigues Manito e Dr. António Manuel Gamito, Avenida Europa e rotunda de ligação à Avenida Independência das Colónias.

Durante o encerramento da Azinhaga de São Joaquim, o acesso aos moradores fica, no entanto, salvaguardado.

- PUB -

Mais populares

Mercadona confirma supermercado no Montijo igual ao de Setúbal

Marca vai investir milhões de euros nos dois concelhos. Futuras superfícies comerciais vão ter 1 900 metros quadrados de área de venda   A expansão da...

Jovem setubalense morre em acidente de moto

Fábio Silva, conhecido por Pigóita, despistou-se junto ao cruzamento para Aldeia de Irmãos

Bateria da Raposa vai passar para o município para vigiar praias e reforçar combate a incêndios

O entendimento entre a Câmara de Almada e o Estado está a ser traçado para a bateria de costa na Mata Nacional dos Medos passar para a gestão da autarquia. Esta antiga estrutura militar vai ter novo uso estratégico de defesa
- PUB -