27 Janeiro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalDesconfinamento a conta-gotas começa hoje e Protecção Civil mantém defesas levantadas

Desconfinamento a conta-gotas começa hoje e Protecção Civil mantém defesas levantadas

Primeiro plano de combate à covid-19 começou em Setúbal há precisamente um ano. Mantém a base mas reforça medidas

 

- PUB -

O Plano Municipal de Emergência de Protecção Civil de Setúbal vai manter-se activo, e com a mesma base de planeamento das acções dirigidas à população para defesa contra a covid-19. A decisão foi tomada na sexta-feira, pela Comissão Municipal de Protecção Civil.

Em reunião, por videoconferência, para avaliar o plano de emergência activado há precisamente um ano, a comissão teve em consideração “o evoluir da situação da pandemia e as medidas adoptadas a nível nacional, enquadradas no modelo de desconfinamento faseado definido pelo Governo”, indica a autarquia em comunicado.

“Esta é uma fase que exige particular vigilância junto da população para tomarmos todas as medidas concretas e eficazes, de forma que o desconfinamento permita que a vida se regularize um pouco mais, mas em segurança”, advertiu o vereador Carlos Rabaçal, que presidiu à reunião.

- PUB -

Uma das preocupações colocada em cima da mesa foi o aproximar da nova fase de desconfinamento, em particular com a abertura do pré-escolar e do 1.º ciclo, que começam a funcionar hoje, segunda-feira.

Para a Comissão Municipal de Protecção Civil de Setúbal é fundamental que as escolas “garantam a execução dos seus planos de contingência, e ponham em prática todas as medidas necessárias a um regresso à escola em segurança”, como é o caso da “criação de condições que evitem ajuntamentos dos encarregados de educação e da definição de percursos de circulação”.

Com uma “baixa percentagem da população vacinada” sendo ainda “cedo” para existir imunidade de grupo, Carlos Rabaçal mostrou-se reservado com a imprevisibilidade dos efeitos do desconfinamento, ainda que a conta-gotas.

- PUB -

“Há a necessidade de os parceiros – protecção civil, saúde, segurança social, forças de segurança, juntas de freguesia… –, manterem uma rede de comunicação e apoio que permita reagir a um possível aumento de casos. Nalguns países já se fala em quarta vaga”, assinalou. “Temos de aproveitar todos os nossos meios e recursos para garantir a protecção das pessoas. Esta deve ser a nossa postura.”

Entretanto os utentes e pessoal das estruturas residenciais para pessoas idosas “já todos vacinados, embora apenas com uma dose nos poucos casos que ainda registavam surtos quando se iniciou o processo de inoculação nos lares”. Quanto aos cidadãos com mais de 80 anos ou com idades entre os 50 e os 65 anos e comorbilidades associadas, igualmente incluídos na primeira fase do plano de vacinação, há o registo, até ao momento, de “2 611 inoculados”.

“Precisamos de manter um combate permanente. Desconfinar não é desarmar”, advertiu o vereador.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -