20 Agosto 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSesimbraGNR apreende em Sesimbra rede usada na captura ilegal de cinco toneladas...

GNR apreende em Sesimbra rede usada na captura ilegal de cinco toneladas de sardinha

A GNR apreendeu uma rede de pesca, com o valor estimado de 100 mil euros, usada para capturar ilegalmente no mês passado perto de cinco mil quilos de sardinha, no Porto de Pesca de Sesimbra, foi hoje anunciado.

- PUB -

Em comunicado, a Unidade de Controlo Costeiro (UCC) de Setúbal refere que apreendeu na sexta-feira passada a arte de pesca, com 500 metros de comprimento e uma altura de 100 metros, após uma ação em que foram apreendidos 4.950 quilos de sardinha, no dia 23 de fevereiro.

De acordo com as autoridades, encontram-se interditadas atualmente a captura, a manutenção a bordo e a descarga de sardinha.

A arte de pesca foi retirada de uma embarcação e, posteriormente, selada na presença do proprietário, tendo este sido ainda notificado de que não poderá “alterar o estado, utilizar, alienar, destruir, danificar ou inutilizar por qualquer forma o objeto”, sob pena de incorrer na prática de um crime de desobediência.

- PUB -

Esta operação contou com a colaboração dos inspetores da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

No comunicado, a GNR lembra que a sardinha é um recurso de interesse estratégico para a pesca portuguesa, para a indústria conserveira e para as exportações de produtos da pesca e do mar, assumindo uma particular relevância em termos socioeconómicos em várias comunidades piscatórias.

Desta forma, o recurso deve ser explorado de modo a garantir, a longo prazo, a sustentabilidade ambiental, económica e social da pescaria, dentro de uma abordagem de precaução, definida com base nos dados científicos disponíveis.

- PUB -

Lusa

Comentários

- PUB -

Mais populares

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Ana Catarina Gonçalves: A grandolense que arriscou e conseguiu montar um ‘império’ na vertente das explicações

Com apenas 21 anos, começou a acompanhar algumas crianças por brincadeira. Hoje, passados cinco anos, emprega três dezenas de professores

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -