10 Maio 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Moita Pontão fluvial do Gaio deverá estar operacional a partir de Maio

Pontão fluvial do Gaio deverá estar operacional a partir de Maio

Obra do município melhora condições de amarração das embarcações

 

- PUB -

O município da Moita prevê que no âmbito da conservação e manutenção de pontões fluviais do concelho, a obra que está a decorrer no pontão flutuante do Gaio “fique operacional no final de Maio”, adianta a autarquia, que está a intervir naquele local para melhoria das condições de amarração das embarcações e respectiva estabilidade daquela estrutura.

Os trabalhos em curso, acrescenta, para além desta edilidade, estão a ser realizados “em parceria com o Centro Náutico Moitense e com a colaboração do Beira Mar Náutica”, escola de vela e canoagem situada na freguesia do Gaio-Rosário, que tem como principal objectivo promover as embarcações tradicionais do Tejo.

De acordo com informação camarária, a intervenção permitirá “uma optimização de recursos humanos e materiais e do investimento, valorizando também, desta forma, a capacidade e autonomia das entidades locais para a recuperação deste equipamento náutico”.

- PUB -

Recorde-se que já em Março de 2017, o presidente da autarquia, Rui Garcia, sublinhou a importância de “favorecer as embarcações de navegação no estuário, na zona da Moita”, por constituírem um valioso legado patrimonial do concelho e da sua história, que “importa preservar, apoiar e divulgar” a favor de uma forte marca identitária, que contribui para “fomentar a iniciativa popular de recuperação e construção destas embarcações e atrair visitantes”, destacou o município, nessa mesma altura.

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Sindicato não aceita aumentos de salários propostos pela administração da Autoeuropa

Administração da fábrica da Volkswagen em Palmela quer acordo que prevê aumentos salariais a três anos em função da taxa de inflação, sindicato contesta

Empresa dedicada à comercialização de canábis chega a Setúbal com nova unidade no parque BlueBiz

Espaço servirá para pós-colheita da planta medicinal. Produtora escolheu a cidade sadina “por possuir excelentes acessibilidades e oferecer flexibilidade nas suas instalações”   A empresa Clever...
- PUB -