28 Novembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalSeixalSeixal já tem prontos a funcionar três centros municipais para a vacinação

Seixal já tem prontos a funcionar três centros municipais para a vacinação

O presidente Joaquim Santos diz que tanto os centros municipais como os profissionais estão preparados para começar já a vacinação, só falta chegarem as vacinas   

- PUB -

Os três centros municipais de vacinação que foram criados pela Câmara Municipal do Seixal já se encontram aptos a receber os utentes considerados prioritários na próxima fase do Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19.

Os espaços foram organizados numa parceria entre o município e as juntas de freguesia, e estão situados no Pavilhão Multiusos da Quinta da Marialva, que irá receber os cerca de 50 mil munícipes de Corroios; no Pavilhão Desportivo Escolar Paulo da Gama, que receberá cerca de 50 mil munícipes de Amora, e no Pavilhão Desportivo do Portugal Cultura e Recreio, para as 70 mil pessoas da área da União das Freguesias do Seixal, Arrentela, Aldeia de Paio Pires e ainda de Fernão Ferro.

Para o presidente da Câmara Municipal do Seixal, Joaquim Santos, “este é mais um investimento a juntar aos 3,5 milhões de euros que a autarquia já despendeu no combate à pandemia. Esperamos que este processo decorra com tranquilidade e em segurança e que em breve possamos todos ser vacinados e voltar à normalidade”.

- PUB -

Durante a visita na manhã de hoje a estes três centros municipais, o autarca, que foi acompanhado pelo director executivo do Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal, Alexandre Tomás, disse ainda que o objectivo é “que a vacinação aconteça o mais rapidamente possível e que existam vacinas em quantidade suficiente, pois os profissionais estão disponíveis para iniciar o trabalho”.

A Câmara Municipal do Seixal, em parceria com as juntas de freguesia, “vai colocar 35 trabalhadores em permanência para apoio a estes três centros”, acrescentou Joaquim Santos. “Aguardamos que a chegada das vacinas para que se possa iniciar este processo. Iremos continuar a apoiar a população nesta luta contra a covid e iremos esperar pela nossa vez para sermos também vacinados, aguardando a chamada do Serviço Nacional de Saúde, num processo que queremos que seja tranquilo e seguro para todos”.

Cada um destes centros “tem capacidade para ter a trabalhar em permanência um médico e sete enfermeiros, que irão vacinar os munícipes prioritários desta fase e que são as pessoas com mais de 80 anos ou com mais de 50 anos e com insuficiência cardíaca, doença coronária, insuficiência renal ou doença respiratória, que serão previamente contactadas pelo Serviço Nacional de Saúde”, refere comunicado da autarquia.

- PUB -

O director executivo do Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal, Alexandre Tomás, avançou que também “os profissionais do ACES Almada-Seixal estão preparados para este processo que é novo e singular, num contexto de grande necessidade da população”. E para dissipar receios, afirmou: “estejam todos tranquilos porque vamos seguramente ser capazes de vacinar toda a população com as condições de segurança que este processo exige”.

Espera-se que em cada um destes centros sejam vacinadas 200 pessoas por dia, ao longo de 3 semanas. Recorde-se que, no concelho do Seixal, a 1.ª fase do Plano de Vacinação contra a Covid-19 está em curso, tendo as primeiras vacinas sido destinadas a profissionais e utentes das estruturas residenciais para idosos.

 

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -