21 Junho 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Moita Monumento de homenagem a idosos foi ideia do 'Grupo dos 8' há...

Monumento de homenagem a idosos foi ideia do ‘Grupo dos 8’ há 40 anos

Peça escultórica surgiu para sensibilizar utentes do CRIBB e agradar à população

O monumento existente à entrada do Centro dos Reformados e Idosos da Baixa da Banheira (CRIBB) completa este mês 40 anos desde que surgiu a ideia de criar aquela estrutura no interior da instituição, na altura, por um grupo de amigos que se demonstrou interessado em fazer algo que sensibilizasse os utentes deste equipamento e pudesse homenagear os idosos de todo o país.

- PUB -

Foi em Fevereiro de 1981, que o então denominado “Grupo dos 8” decidiu colocar mãos à obra e, após inúmeros contactos com alguns escultores, chegou à conclusão de que o artista João Évora Patacão era o que melhores condições reunia para tornar realidade o desejo de criar aquele elemento simbólico.

Após ter realizado um primeiro esboço e para que nada fosse feito à revelia das autarquias, o grupo reuniu com o então presidente da Câmara Municipal da Moita, José Brito Apolónia, e com o presidente da Junta de Freguesia da Baixa da Banheira, António José Presumido, para dar a conhecer aos presentes a iniciativa e o plano de trabalho previsto para a concretização da obra.

Daí até à recolha de fundos junto da população para que se pudesse avançar com o projecto, decorreu pouco tempo, no entanto, e na opinião do anterior autarca moitense, a expressão utilizada nas figuras projectadas assemelhava-se a “dois pedintes a pedir clemência e não a expressão de luta que os reformados tinham tido após o 25 de Abril”, recorda António Beliz, ex-presidente da direcção do CRIBB.

- PUB -

Para ultrapassar o pequeno “desacordo”, foi lançado o desafio à população da freguesia “para apresentar os desenhos que entendesse, num prazo de 30 dias”, através da distribuição de dezenas de fotocópias do esboço inicial do monumento pelas montras de comércio da localidade, a solicitar que fossem propostas as alterações que quisessem até Junho do mesmo ano.

A 18 de Setembro, num novo encontro preparatório com as autarquias, foi finalmente aprovada, “por larga maioria”, que se mantivesse o desenho original, mas com os idosos sem chapéu e sem bordão, e que os mesmos ficassem com um cravo a sair do peito da figura masculina, numa alusão ao 25 de Abril.

Projecto desenvolvido foi “genuinamente popular”

De forma a contar com o monumento hoje situado na instituição, o CRIBB contou com o apoio técnico da autarquia da Moita para concluir a obra, assim como com a base onde está representado o casal de reformados, porém, alguns dos membros e associados do centro recordam que o trabalho em prol deste projecto “foi genuinamente popular”, sem a existência, à partida, de qualquer planta para construir a peça.

- PUB -

A colocação do monumento no pedestal, recorde-se, foi feita com recurso a uma grua cedida pela Quimigal, tendo sido utilizado um bloco em mármore oriundo de Vila Viçosa para o Casal do Marco, no concelho do Seixal. Após dois anos de trabalho deste grupo, a 19 de Fevereiro de 1983 foi inaugurada a peça escultórica.

- PUB -

Mais populares

Moradores de cooperativas em Azeitão preocupados com leilão das suas casas

Os moradores da Cooperativa de Habitação e Construção Económica Bairro dos Trabalhadores, em Azeitão, foram recentemente surpreendidos com a informação de que as suas...

Burger King abre este Verão na Quinta Fonte da Prata

Novo espaço vai criar 20 postos de trabalho e terá Drive In disponível   O novo restaurante da cadeia norte-americana Burger King, cuja estrutura encontra-se em...

Nuno Pinto: “Para o ano voltaremos a tentar ainda mais fortes”

“Sem sombra de dúvidas, foi a temporada mais complicada da minha carreira”, afirma.
- PUB -