4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalPresídio da Trafaria vai receber o primeiro Instituto de Artes e Tecnologia...

Presídio da Trafaria vai receber o primeiro Instituto de Artes e Tecnologia do País

O antigo forte vai ser transformado em centro de investigação, ensino e criação artística, que combina arte e tecnologia

Almada é o primeiro município do País a receber um centro de investigação, ensino e criação artística, que combina arte e tecnologia. A escritura foi assinada ontem, e abre a porta à instalação do Instituto das Artes e Tecnologias (IAT) no Forte da Trafaria, concretizando assim a parceria entre a Câmara Municipal de Almada e a Universidade Nova de Lisboa.

- PUB -

Um equipamento que, refere a autarquia em comunicado, “irá impulsionar o desenvolvimento social e económico da freguesia da Trafaria, em particular, e do concelho de Almada, no geral”.

Através do IAT, o antigo Presídio da Trafaria vai ser transformado numa plataforma estratégica de formação, investigação, inovação e prestação de serviços à comunidade. “Será um espaço interdisciplinar que olha para a arte e para a tecnologia como meio privilegiado para intervir criativamente na sociedade, contribuindo com inovação de ponta para o seu desenvolvimento sustentável”.

Segundo a presidente da Câmara de Almada, Inês de Medeiros, “o IAT, para além de permitir criar uma oferta de ensino única no País, e reforçar Almada como município do saber, vai permitir reabilitar um dos mais icónicos edifícios, respeitando e promovendo a sua memória e, assim, dinamizar toda a bela zona da Trafaria”.

- PUB -

Por sua vez o reitor da Nova, João Sàágua, apontou o IAT como “um dos pilares da estratégia [da universidade] para 2020-2030”, que ao mesmo tempo, “concretiza” a sua missão de “servir o País e a sociedade, a nível local e global, através do conhecimento e da inovação”.

Referiu ainda ser este “um espaço aberto e inclusivo, desenvolvido com parcerias nacionais e internacionais, mas que dará especial atenção às várias comunidades locais, funcionando como ecossistema de qualificação da população e do espaço envolvente”.

O IAT irá ocupar as fracções A, B e C do Bloco 1 deste imóvel municipal. O direito de superfície tem um prazo de 50 anos, podendo ser renovado por períodos sucessivos de 20 anos, mediante prévio acordo entre as partes, antes do termo do contrato ou de qualquer uma das suas renovações.

- PUB -

O Forte da Trafaria é um dos patrimónios relevantes do concelho de Almada, que funcionou entre 1909 e 1981 como prisão militar. O Edifício das Celas será simultaneamente um centro de arte ligado aos temas que definem a sua história e um espaço de memória que permita ao público conhecer a história e vivências do edificado.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -