1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalBarreiroObras concluídas devolvem zona da Polis à população

Obras concluídas devolvem zona da Polis à população

Espaço requalificado começa a ser usufruído pelos barreirenses

 

- PUB -

As vedações instaladas na área de requalificação da zona da Polis, na freguesia da Verderena, já começaram a ser retiradas pela Câmara Municipal do Barreiro e a obra foi dada por terminada esta segunda-feira, tendo “a nova zona ribeirinha começado a ser de imediato usufruída pela população”, adiantou o vereador Rui Braga a O SETUBALENSE, responsável pelo pelouro que tutela as Obras Municipais na autarquia.

Com a intervenção, o autarca barreirense afirma que “o Barreiro ganhou uma zona de destino, com áreas para a prática do exercício físico, com a criação de um circuito de manutenção, num espaço onde também se pode estar a ler, como lugares de contemplação, um parque infantil, um parque de merendas e um outro canino”, sublinha.

O vereador acrescenta ainda que em termos de actividade económica, o espaço foi também dotado de três quiosques com “zonas de cafetaria e WC’s públicos, que vão criar mais alguns quilómetros de qualidade de vida, devidamente apetrechados com iluminação LED”, e que serão complementados com a obra a iniciar brevemente na Avenida da Liberdade, frente ao Terminal Fluvial da Soflusa, que prevê o alargamento de passeios e a criação de uma ciclovia que se vai estender até à zona do Gaio, onde também está a ser concluída mais uma obra do município.

- PUB -

“A requalificação da nossa frente ribeirinha e do nosso edificado vê-se no terreno, tendo também o concurso público para a requalificação do Moinho Grande sido já preenchido”, anunciou.

Rui Braga realça ainda que a autarquia tem agora “a oportunidade de pensar como estabelecer a ligação da zona da Polis ao Parque da Cidade”, à semelhança do que vai acontecer, futuramente, com os terrenos do Nicola, logo que os mesmos fiquem disponíveis com a deslocalização dos serviços operacionais da câmara para o edifício da antiga unidade comercial situada na Quinta da Lomba, em Santo André.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -