4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalPraça Carlos Relvas vai renascer como espaço coberto para cultura e desporto

Praça Carlos Relvas vai renascer como espaço coberto para cultura e desporto

Tauromaquia vai continuar no edifício centenário, mas de forma pontual com “uma a duas corridas por ano”

 

- PUB -

A Praça de Touros Carlos Relvas, situada em Setúbal, está cada vez mais perto de ter o seu espaço remodelado, com o objectivo de passar a acolher “actividades culturais e desportivas como, por exemplo, jogos de voleibol, encontros de hóquei em patins, danças de salão e tantos outros”, explica Maria das Dores Meira, presidente da Câmara Municipal de Setúbal. No que diz respeito à tauromaquia, a autarca revela que a mesma vai continuar a acontecer no imóvel centenário, mas “de forma pontual, com uma a duas corridas de touros por ano, caso algum empresário queira fazer alguma”.

Depois de ter sido adquirido pela autarquia sadina em 2017 através de leasing imobiliário, com um preço base de 1 milhão e 191 mil euros, já com o intuito de se vir a tornar num espaço multiusos, o edifício, à semelhança do que “aconteceu com a Praça do Campo Pequeno em Lisboa”, vai sofrer alterações na sua estrutura “logo que estejam reunidas todas as condições” para o arranque das obras de requalificação.

Uma das principais mudanças a executar, segundo adiantou Maria das Dores Meira a O SETUBALENSE, vai acontecer “na cobertura, com o edifício a passar a ser totalmente fechado”, e nas “bancadas, que estão muito estreitas, porque hoje a legislação não permite o espaçamento que estas actualmente têm”. Por se tratar de uma intervenção “grande e que requer responsabilidade”, a presidente do município afirma que é necessário “ir com calma e sem pressa”, mas que as obras estão para breve.

- PUB -

Quanto a receber corridas de touros, a autarca explica que estas vão continuar a acontecer, também porque “o edifício foi criado [em 1889] para a tauromaquia”. “Há pessoas que gostam e nós [Câmara Municipal] respeitamos todas as pessoas, assim como respeitamos os partidos políticos, as religiões, os gostos pela arte, cultura e desporto de cada um. Servimos uma população de 124 mil habitantes que tem gostos diversos e é segundo essa diversidade e liberdade que estamos a fazer a obra”, acrescenta.

Entretanto, a associação Prótoiro solicitou ao município uma reunião, de forma a compreender “se após as obras a actividade tauromáquica teria condições para decorrer” na Praça de Touros Carlos Relvas. Do encontro, que decorreu recentemente, o órgão de informação TouroeOuro noticiou que a presidente da Câmara Municipal assumiu o “compromisso de Setúbal ser cidade taurina”, declarações que Maria das Dores Meira afirma não serem verdade. “Ninguém disse que Setúbal ia ser uma cidade taurina. O que nós dissemos foi que aquele equipamento vai ser recuperado”, esclarece, reforçando que “em primeiro lugar estão as actividades culturais e desportivas” e só em seguida “a tauromaquia, se for caso disso”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -