27 Janeiro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioÚltimasOnze concelhos do distrito entre os 121 em confinamento

Onze concelhos do distrito entre os 121 em confinamento

Novas regras decididas para todos os municípios que apresentaram mais casos em função do número de habitantes nos últimos 14 dias

 

- PUB -

Onze dos 13 municípios do distrito de Setúbal estão entre os 121 concelhos do País abrangidos pelas novas medidas de combate à Covid-19,  decdidas em Conselho de Ministros e anunciadas por António Costa.

Alcácer do Sal, Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal e Sines são os concelhos do distrito obrigados ao cumprimento das novas regras, que entram em vigor a 4 de Novembro.

São sete as novas medidas conhecidas para implementar nos 121 concelhos. A saber:

- PUB -

– reposição do dever cívico de recolhimenro domiciliário; desfazamento obrigatório dos horários de trabalho;

– fecho de todos os estabelecimentos a partir das 22 horas (execepções: farmácias, consultórios, clínicas, funerárias, take away, postos de abastecimento e rent-a-car);

– limitação da lotação das mesas dos restaurantes a seis pessoas (salvo se do mesmo agregado familiar) e do horário até 22h30;

- PUB -

– eventos e celebrações limitados a cinco pessoas;

– teletrabalho obrigatório, salvo oposição do trabalhador;

– proibição de fazer feiras e mercados de levante.

Grândola e Santiago do Cacém são os dois únicos concelhos do distrito de Setúbal que não são abrangidos por estas regras, decretadas apenas para os concelhos com mais de 240 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -