1 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaUm caso de Covid-19 deixa de quarentena oito funcionárias de cozinha da...

Um caso de Covid-19 deixa de quarentena oito funcionárias de cozinha da Misericórdia de Palmela

Hipótese de surto está, para já, descartada. Funcionárias não têm contacto com os utentes, garante fonte da ARSLVT

 

- PUB -

Uma auxiliar de cozinha da Santa Casa da Misericórdia de Palmela foi ontem diagnosticada com Covid-19 e outras oito funcionárias do mesmo espaço estão a cumprir isolamento profiláctico em casa.

A informação foi confirmada por O SETUBALENSE junto de fonte da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT).

“Não há surto na Santa Casa de Palmela. Uma funcionária, que não tem qualquer tipo de contacto com os utentes, testou positivo. Está em casa desde ontem, em quarentena”, disse a mesma fonte.

- PUB -

As outras oito funcionárias, que também trabalham na cozinha, foram enviadas para casa apenas por prevenção.

“Essas funcionárias estão assintomáticas e, desde hoje, estão também a cumprir isolamento profiláctico. Mas apenas por precaução, já que nenhuma teve contacto directo com a funcionária infectada”, adiantou.

“Nenhuma destas funcionárias tem contacto com os utentes da Santa Casa da Misericórdia”, sublinhou ainda a mesma fonte da ARSLVT, a concluir.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -