16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioÚltimasNicolau da Claudina faleceu esta quarta-feira, aos 87 anos

Nicolau da Claudina faleceu esta quarta-feira, aos 87 anos

Figura de Palmela e Setúbal foi vítima de acidente vascular cerebral. Funeral é amanhã

 

- PUB -

O antigo dirigente do Vitória de Setúbal e do Palmelense, Nicolau da Claudina (à direita na foto), faleceu ao inicio da manhã desta quarta-feira, em casa, vítima de acidente vascular cerebral (AVC). Era natural de Palmela, onde nasceu, em 1933, e foi criado. Tinha 87 anos de idade.

Figura de relevo nos concelhos de Palmela e Setúbal, com uma forte ligação ao movimento associativo, passou pela direcção de várias associações e clubes.

Entre as diversas colectividades que dirigiu, contam-se o Vitória de Setúbal, Palmelense Futebol Clube, Grupo dos Amigos do Concelho de Palmela, Sociedade Filarmónica Humanitária, de Palmela, e a associação cultural Sebastião da Gama.

- PUB -

Vídeo produzido por Simões Silva (indicado pelo blog Nesta Hora)

Além do mundo associativo, tinha grande ligação afectiva à obra de Sebastião da Gama, de quem foi aluno.

- PUB -

Dizia que se não tivesse sido empregado bancário, teria sido professor, por gostar muito de crianças e de ensinar.

 

Primeira Taça da Liga

Dirigente do clube também noutros períodos, Nicolau da Claudina integrava a comissão de gestão do Vitória de Setúbal quando os sadinos conquistaram a primeira edição da Taça da Liga.

Nessa época 2007/2008 o Vitória não tinha direcção e era dirigido por uma comissão de gestão liderada por Carlos Costa. O treinador na altura era Carlos Carvalhal.

O funeral de Nicolau da Claudina é amanhã, quinta-feira, às 11 horas no crematório de Setúbal.

À família enlutada, O SETUBALENSE dirige os mais sentidos pêsames.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -