1 Julho 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalINEM mantém instalações depois de renda elevada proposta pelo Centro Hospitalar de...

INEM mantém instalações depois de renda elevada proposta pelo Centro Hospitalar de Setúbal

Acordo proposto pelo Centro Hospitalar de Setúbal permite ao INEM manter condições de operacionalidade no distrito

 

- PUB -

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) vai manter as suas instalações no edifício contíguo à Unidade de Transição de Psiquiatria (Hospital de Dia) do Centro Hospitalar de Setúbal (CHS)

“Depois de, no início do ano, nos terem informado que apenas podíamos permanecer nas
instalações sem contrapartidas financeiras até ao final do mês, o CHS voltou atrás na sua
imposição”, comenta a O SETUBALENSE António Caiado, técnico de emergência médica no INEM.

Na época o CHS havia, inclusive, enviado um e-mail dirigido à direcção do INEM a informar sobre “a hipótese de corte de água e luz nas instalações, a partir de Fevereiro e que permanência dos serviços naquele edifícios apenas poderia ser garantida mediante o
pagamento de uma renda. A proposta apresentada pelo CHS era de 5 mil euros por mês”.

- PUB -

Para António Caiado, “muito desta nova decisão deve-se à reportagem publicada por O
SETUBALENSE na época, porque a reunião foi marcada logo após a divulgação do caso”.

Encontra-se agora a ser elaborado um protocolo, entre o INEM e o CHS, que inclui “o
pagamento de água e luz a cargo dos serviços de emergência médica, tal como possíveis
reparações”. Sendo este o mesmo modelo que outras unidades do INEM seguem, por todo o país.

O orçamento do INEM é garantido através do Ministério da Saúde, ”no entanto não
contempla valores para pagamento de rendas ou aquisição de instalações. “Por isso, a
maioria das unidades dependem de protocolos como este, para garantir a sua
operacionalidade”, explica António Caiado.

- PUB -

O INEM Setúbal divide instalações com a Unidade de Transição de Psiquiatria desde 2015. Data em que deixou o espaço onde estava alocado, no campus do Hospital São Bernardo, junto à entrada principal.

Na época, “por sugestão da direcção do Centro Hospitalar, o INEM foi dividir instalações com o Hospital de Dia onde havia um anexo livre, porque o espaço que ocupava precisava ser utilizado para outros fins”.

Nesse acordo, as viaturas do INEM, assim como parte da equipa, ficaram no espaço próximo à EN10, “à excepção da VMER [Viatura Médica de Emergência e Reanimação] e do médico e enfermeiro que obrigatoriamente têm de permanecer em serviço, dentro das instalações do Hospital de São Bernardo”.

O Centro Hospitalar de Setúbal foi contactado, no seguimento das recentes declarações do INEM sobre o novo protocolo, mas até ao fecho desta edição não foi possível obter resposta.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Carreiras da Carris Metropolitana iniciam novos circuitos a partir desta sexta-feira em Palmela, Setúbal, Alcochete, Moita e Montijo

Álvaro Amaro diz que a operadora vai agora cumprir os percursos que ainda não estão a ser efectuados

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)
- PUB -