27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalSapadores de Setúbal protestam frente à Câmara

Sapadores de Setúbal protestam frente à Câmara

Horários, escalas e respeito pela profissão são exigências dos Bombeiros Sapadores de Setúbal que hoje, ao lado de sindicalistas, estiveram em protesto frente ao edifício da Câmara. Querem ser ouvidos e aguardam agora que o executivo municipal os receba ou responda

- PUB -

Foram 17 os Bombeiros Sapadores de Setúbal que se concentraram hoje frente à Câmara Municipal a exigirem “melhores condições de trabalho e um horário mais digno”. O protesto convocado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins (STAL) foi marcado para as 10h00 e, segundo a sindicalista Patrícia Teixeira, contavam que uma delegação dos manifestantes fosse ouvida pela presidente Maria das Dores Meira ou pelo vereador Carlos Rabaçal, responsável pelo pelouro da Protecção Civil e Bombeiros.

“Os trabalhadores exigem horários justos e mais dignos”, afirma a sindicalista que refllecte ainda o descontentamento dos bombeiros pela “desregulação horária” exigindo que “seja respeitada a escala horária”.

O caderno reivindicativo exige ainda o “cumprimento do ACEP (Acordo Colectivo Entidade Pública) estabelecido com o STAL”, “o direito ao gozo das tolerâncias de ponto que a autarquia atribui aos restantes trabalhadores e discrimina os sapadores”, e o “tratamento igual para todos os bombeiros e respeito pela sua dignidade profissional”.

- PUB -

Outra das questões que que o STAL coloca em cima da mesa é o “Gozo das folgas” e acrescenta o “repudio pela a acumulação das mesmas em bancos de horas”. Diz Patrícia Teixeira que há sapadores com “150 horas por gozar em folgas”.

Durante a manhã, a sindicalista acabou por ser recebida pelo vice-presidente da Câmara de Setúbal, Manuel Pisco, tendo ficado a promessa que depois de reunião do executivo, a decorrer hoje, “ser-nos-á dito alguma coisa em resposta à resolução que entregámos hoje, de manhã, na Câmara”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -