20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioÚltimasVitimas mortais do acidente na Marateca eram prestadores de serviços na Repsol...

Vitimas mortais do acidente na Marateca eram prestadores de serviços na Repsol Polímeros de Sines

Carrinha com sete pessoas dirigia-se a Sines quando chocou com outra carrinha, com um ocupante, que transportava mercadorias para a Autoeuropa, em Palmela

As seis vítimas mortais do acidente rodoviário ocorrido hoje no IC1, junto à Marateca, Palmela, trabalhavam para duas empresas prestadoras de serviços e seguiam para a Repsol Polímeros, em Sines, disse à agência Lusa fonte desta empresa.

- PUB -

De acordo com a fonte da Repsol Polímeros, as duas empresas especializadas em trabalhos de montagem e desmontagem de andaimes estavam atualmente a prestar serviço no seu complexo petroquímico em Sines, no distrito de Setúbal.

A informação oficial da Repsol Polímeros surge depois de fonte dos Bombeiros Voluntários de Águas de Moura ter avançado à Lusa que as vítimas mortais do acidente integravam um grupo de trabalhadores que prestavam serviços à refinaria de Sines.

Segundo a mesma fonte, a carrinha de nove lugares que transportava os trabalhadores (de uma atividade profissional não especificada pelos bombeiros) seguia em direção a Sines, também no distrito de Setúbal, e colidiu com um ligeiro de mercadorias que circulava no sentido contrário, numa altura em que chovia muito no local.

- PUB -

No entanto, as causas da colisão ainda não são conhecidas.

A carrinha transportava sete pessoas, seis das quais são as vítimas mortais.

O veículo ligeiro de mercadorias, acrescentou a fonte dos bombeiros, tinha um único ocupante (um homem de nacionalidade espanhola que está em estado grave) e transportava materiais para a fábrica de automóveis da Autoeuropa, em Palmela.

- PUB -

Os dois feridos foram transportados para o Hospital de São Bernardo, em Setúbal.

Pelas 10:20, o Itinerário Complementar (IC) 1 continuava cortado ao trânsito entre Águas de Moura (concelho de Palmela) e Alcácer do Sal, nos dois sentidos, devido aos trabalhos de remoção das viaturas e limpeza das vias.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) Setúbal, a colisão, ocorrida pelas 06:53 na localidade de Vale do Cão, no sentido norte-sul.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) de Águas de Moura e de Alcácer do Sal estiveram igualmente no local, assim como as viaturas médicas de emergência e reanimação (VMER) de Setúbal e do Barreiro.

Lusa

NOTA – Noticia rectificada às 17h33, na parte relativa à Repsol Polímero de Sines. A empresa onde os trabalhadores prestavam serviço era a Repsol e não a refinaria de Sines, como constava inicialmente.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -