9 Agosto 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioDesportoVitória confirma má fase ao perder no Bonfim com o Guimarães

Vitória confirma má fase ao perder no Bonfim com o Guimarães

Depois de Sporting e Estoril (ambos por 3-0), o Vitória sofreu ontem, dia 28, a terceira derrota consecutiva no campeonato ao perder, por 0-2, na recepção ao V. Guimarães no jogo de abertura da 31.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.  Os sadinos, que não marcam há quatro jogos, venceram apenas uma partida nas últimas 12 jornadas, registo que confirma o mau momento da equipa de José Couceiro. Ao invés, os vimaranenses consolidaram a quarta posição ao alcançarem o sexto êxito consecutivo na prova. Hernâni, aos 65 minutos, e Raphinha, aos 90, fizeram os golos do encontro.

- PUB -

Sadinos e vimaranenses protagonizaram uma primeira parte com vários momentos frenéticos. Nesta fase, os anfitriões foram a equipa mais perigosa, como comprovam as várias oportunidades que dispuseram para desfazer o ‘nulo’. Os atacantes Edinho (quatro, 22, 29 minutos) e Zé Manuel (10, 27 e 35) estiveram em destaque, ao visar a baliza de Douglas. Apesar do mérito do guardião nalguns lances, é, sobretudo, a ineficácia dos atacantes do Vitória que explica a ausência de golos.

Do lado dos minhotos, que foram a maior parte do tempo dominados pelos anfitriões, a boa pontaria também foi uma miragem. Com duas oportunidades soberanas para desfeitear Bruno Varela, aos 26 e 42 minutos, respetivamente, Texeira e Hurtado foram perdulários, razão pela qual o intervalo chegou com 0-0 no marcador. Depois da palestra de Pedro Martins no balneário, o V. Guimarães entrou mais acutilante e com claro ascendente no segundo tempo. Logo aos 47 minutos, os forasteiros só não chegaram ao golo devido a uma defesa atenta de Bruno Varela, em resposta a um remate de Teixeira.

Num jogo ‘mexido’, os setubalenses, apesar da entrada mais forte do conjunto de Guimarães, continuavam a visar a baliza de Douglas. Aos 57 minutos, o guarda-redes teve mesmo de sair dos postes para evitar que Zé Manuel finalizasse, após assistência de Edinho. Aos 65 minutos, um roubo de bola de Marega a Nuno Pinto permitiu ao Vitória de Guimarães inaugurar o marcador, por intermédio de Hernâni. Desmarcado na esquerda, o atacante desfeiteou o guardião Bruno Varela, que nada pôde fazer para evitar o golo.

- PUB -

Volvidos quatro minutos – já depois de Edinho ter reclamado um penálti na área dos vimaranenses -, Hurtado cabeceou com perigo, após cruzamento de Hernâni, ao lado da baliza de Bruno Varela. Apesar das tentativas do Vitória de Setúbal em chegar à igualdade, a equipa de Guimarães voltou a ser eficaz na finalização já em cima do minuto 90. Após nova assistência de Marega, Raphinha, que tinha entrado minutos antes, concluiu uma jogada de ataque dos forasteiros, que selaram o 2-0 final.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -