7 Dezembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadeSetúbal Voz promove várias actuações operáticas nas ruas de Olhão

Setúbal Voz promove várias actuações operáticas nas ruas de Olhão

Evento intitulado ‘Nessum Dorma’ é uma criação, pensada e concretizada pelo Maestro Jorge Salgueiro

 

- PUB -

No passado fim de semana, a Associação Setúbal Voz, através do seu Ateliê de Ópera, promoveu o evento intitulado “Nessum Dorma” em Olhão.

Nessum Dorma é uma criação, pensada e concretizada pelo Maestro Jorge Salgueiro que consiste em interpretar durante uma hora, uma ou  mais  árias de Ópera, em vários locais inusitados em simultâneo, em grupos de um ou dois cantores acompanhados por um ou dois músicos.

A ideia é que durante aquela hora o espectador possa circular livremente por um percurso à sua escolha e possa fazer pequenas paragens para assistir a uma sequência operática que cada estação oferece. Ao fazê-lo, poderá ao mesmo tempo desfrutar de locais de interesse histórico ou apenas deambular por locais da cidade.

- PUB -

O formato era constituído por cinco grupos compostos por dois cantores e dois músicos que interpretaram 2 arias e um dueto:

  • Miká Nunes – AVE MARIA CACCINI
  • João Oliveira – NOTTE E GIORNO FATICAR
  • Dueto: LA CHE DARE LA MANO, João Novais (contrabaixo) + Armando Martins (trompa)
  • Diogo Oliveira – MADAMINA
  • Célia Inês Nascimento – JÁ ME SUPONHO
  • Dueto: PA PA PA PA PA PA PA, Rita Nunes (violino) + Ana Raquel (sax barítono)
  • Milla Franco – PÁSSARO REBELDE
  • Néu Silva – TOUREADOR
  • Dueto: ÉS TU A PRIMAVERA, Maxim Doujak (violoncelo) + Sarah Santana (flauta)
  • Luís Carlos Figueiras – SE VUOL BALLARE SIGNOR CONTINO
  • Maria Inês Beira – STIZZOSO, MIO STIZZOSO
  • Dueto: LO CONOSCO, Jorge Vinhas (violino)
  • Sara Brites – LASCIA CH’IO PIANGA
  • David Martins- LA DONNE E MOBILE
  • Mário Cabica (clarone) + Francisco Canteiro (guitarra)

O vereador da Cultura da Câmara Municipal de Olhão, João Evaristo, após a primeira apresentação, manifestou-se “entusiasmado” e agradeceu à ASV representada pela presidente Manuela Palma Rodrigues, bem com ao Director Artístico Jorge Salgueiro, não poupando elogios, tendo cumprimentado todos os músicos e cantores de forma efusiva, pelo espectáculo a que assistiu.

De acordo com Manuela Palma Rodrigues estes eventos mostram o poder da associação fora de Setúbal. “Estes eventos de divulgação da nossa Associação fora de Setúbal, são de uma importância acrescida. Fomos uma das entidades culturais que mais actuações teve em tempos de Covid, nomeadamente “Os Fantasmas de Luísa Todi”, “Nessun Dorma”, actuação inserida nas cerimónias referentes à reabertura ao público do Convento de Jesus, “A Casa de Emília”, “A Vingança”, “Amor, Ópera e Carnaval”, “Bandeiras da Liberdade”, “Penitência à Virgem das Águas”, “A Nave dos Diabos”, bem como todas estas actuações e recitais”.

- PUB -

No mês de Dezembro está prevista a estreia da ópera Carmen da autoria de George Bizet, com a participação de duas das estruturas que compõem a ASV: o Coro Setúbal Voz e a Companhia de Ópera de Setúbal, com quatro espectáculos previstos para os dias 1, 2, 3 e 4.

Na semana seguinte, a ópera Carmen irá ser de novo apresentada no Festival de Canto Lírico de Guimarães.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas
- PUB -