26 Setembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadeFaculdade de Engenharia Química recebe lançamento de obra criada por José Figueiredo

Faculdade de Engenharia Química recebe lançamento de obra criada por José Figueiredo

Livro surge no âmbito das comemorações dos 150 anos do nascimento de Alfredo da Silva

 

- PUB -

A sessão de lançamento da obra “A Relevância da Indústria Química e o seu Contributo para a Sociedade”, escrita pelo professor José Luís Figueiredo, do departamento de Engenharia Química da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), está agendada para o próximo dia 15, pelas 18 horas, na biblioteca daquele estabelecimento de ensino e surge após as comemorações dos 150 anos do nascimento de Alfredo da Silva.

A nova publicação da Príncipia Editora, promovida pela Fundação Amélia de Mello, aborda o papel dos materiais condutores da produção de metano a partir de resíduos em processos de digestão anaeróbica, a tecnologia fotoeletrocatalítica de ponta para recuperação de lignina e a redução electroquímica sustentável de Contaminantes de Interesse Emergente e Patógenos em Efluentes de ETE para Irrigação de Cultivos.

Também a cidadania para o clima, através da construção de pontes para a adaptação climática, faz parte dos temas abordados nesta publicação, assim como a identificação, eliminação, consciencialização social e educação dos micropoluentes químicos e biológicos da água com implicações sanitárias e ambientais. Financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), em destaque neste livro estão ainda o eletrocatalisador bifuncional livre de metais nobres à base de carbono, para produção de energia renovável, a ecotoxidade enantiosselectiva e a bioacumulação de substâncias psicoactivas, o reator catalítico contínuo para o processo Gas-to-Liquid, utilizando tecnologia NETmix, assim como as soluções integradas de BIOeconomia para mobilização da cadeia agroalimentar.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos
- PUB -