3 Dezembro 2022, Sábado
- PUB -
InícioSociedadePraça de Bocage decorada três dias com tapete efémero em comemoração dos...

Praça de Bocage decorada três dias com tapete efémero em comemoração dos Caminhos de Santiago

Desenho de designer da Câmara Municipal replicado em mais de três centenas de pontos de trinta países dos cinco continentes

 

- PUB -

Com “mil e cem quilos de sal, 500 litros de serradura e 750 litros de terra”, uma equipa de dez pessoas liderada por Isabel Curto Castan, do Grupo de Arte Efémera de Setúbal, fez ‘nascer’ na Praça de Bocage um tapete efémero, construído no âmbito das comemorações dos Caminhos de Santiago em 2022.

A peça, com 144 metros quadrados, foi construída frente aos Paços do Concelho no sábado e esteve patente até ontem, Dia de Santiago. Integrada na iniciativa “Tapetes do Mundo”, a obra consistiu na reprodução do “desenho do designer António Cunha, da Câmara Municipal de Setúbal, escolhido, de entre 33 propostas apresentadas a nível internacional, para a elaboração de tapetes de arte efémera, com uma imagem mundial comum, para as comemorações do Xacobeo 2022”, explica a autarquia em comunicado.

Além de Setúbal, “o desenho foi replicado em mais de três centenas de pontos de trinta países dos cinco continentes, com a utilização de materiais de acordo com as tradições locais, num evento mundial de tapetes efémeros promovido pela Comissão Gestora de Entidades Alfombristas do Caminho de Santiago”.

- PUB -

“Estamos a falar de um desenho que foi eleito por todas as delegações, neste momento 310 de 30 países. Espero que os setubalenses tenham algum orgulho por estarem a ser falados no mundo com o desenho criado pelo António”, frisou Isabel Curto Castan, citada na nota do município.

Apesar de ter sido construído em três dias, o trabalho começou “um mês antes de o tapete ganhar forma na Praça de Bocage, uma vez que foi necessário fazer uma quadrícula, transpô-la para uma tela, preparar as tintas na betoneira, preparar o sal e a serradura e peneirar a terra, entre outras actividades”.

“É um processo de preparação muito demorado, que implica muita gente. Quando chega aqui, é só uma questão de orientação, já todos sabiam qual era o trabalho que lhe cabia”, explicou a responsável pelo tapete.

- PUB -

Enquanto “a terra e a serradura receberam cola para não serem levadas pelo vento, o sal não necessitou desse cuidado”. Já António Cunha descreveu “a imagem que criou, composta por elementos alusivos aos Caminhos de Santiago e ao Ano Santo Xacobeo, designadamente a vieira, o peregrino e a cruz de Santiago e o tipo de letra, elementos obrigatórios nos desenhos submetidos a concurso”.

Depois de se manifestar “muito contente”, uma vez que “este foi um desenho criado muito instintivamente, praticamente de um dia para o outro”, o designer da Câmara Municipal de Setúbal reconheceu que é “muito gratificante” saber que um desenho da sua autoria “tem esta projecção internacional”.

“Os tapetes construídos no mundo inteiro são perfeitamente iguais, com a única diferença a ser a referência à distância que separa a localidade em causa de Santiago de Compostela. No caso de Setúbal são 553 quilómetros”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Demolição de edifício obriga a encerrar troço da Estrada de Palmela

Operação na via pública acontece no troço compreendido entre a Praça Tratado de Roma e o acesso rodoviário ao estabelecimento de restauração McDonald’s.
- PUB -