27 Janeiro 2023, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadePrémios Alfredo da Silva distinguem três projectos com valor de 25 mil...

Prémios Alfredo da Silva distinguem três projectos com valor de 25 mil euros

APDM vai receber quantia e kits para apoiar projecto no âmbito da diabetes

 

- PUB -

A monitorização remota de pessoas com diabetes à distância foi um dos três projectos distinguidos no final da última semana, pelos Prémios de Investigação Alfredo da Silva, tendo o empreendimento de João Raposo, pertencente à Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) e à Universidade Nova de Lisboa, sido distinguido na categoria Sustentabilidade em Saúde, dispondo agora de 25 mil euros para “apostar na criação de um kit de protecção para pessoas com diabetes e cuidadores”.

João Raposo, director clínico da associação, considera que “este projecto, que vai decorrer nos próximos três anos, tem como objectivo criar um kit com um penso inteligente que contém sensores para monitorizar a temperatura e as úlceras e ainda um novo sensor que facilite a medição de marcadores inflamatórios”.

Estudos existentes “indicam ainda que 15% dos doentes irão desenvolver úlceras de pé diabético, que são propensas a desenvolverem infecção”, podendo resultar na necessidade de amputação do membro, que aumenta de 50 para 80% a mortalidade a cinco anos”.

- PUB -

Através de três categorias de prémios – Alfredo da Silva e o seu Empreendedorismo, Inovação Tecnológica, Mobilidade e Indústria, e Sustentabilidade em Saúde –, a Fundação Amélia de Mello destaca “os três projectos mais inovadores e que mais contribuam para esta área chave”, sendo que os vencedores da segunda edição destes prémios levam para casa a referida quantia, com vista a desenvolverem a investigação.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pai herói salva filha bebé de incêndio que destruiu habitação [actualizada]

Entrou em habitação em chamas e conseguiu resgatar a bebé. Sinistro destruiu o 1.º piso da habitação

Comando dos Bombeiros do Montijo repudia críticas sobre combate ao fogo de sexta-feira

Reacção surge na sequência de vídeos e comentários publicados nas redes sociais 

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento
- PUB -