27 Junho 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalBásica Barbosa du Bocage junta-se às escolas de Setúbal que alertam para...

Básica Barbosa du Bocage junta-se às escolas de Setúbal que alertam para mobilidade sustentável

Vereadora Carla Guerreiro chama os alunos a sensibilizarem os pais e amigos sobre as alterações climáticas   

- PUB -

A Escola Básica Barbosa du Bocage, em Setúbal, passou a exibir um mural pintado por Gonçalo Mar, num trabalho que tem por tema a mobilidade sustentável. Está colocado na parede traseira do pavilhão gimnodesportivo, foi inaugurado na manhã de quinta-feira, e marca a conclusão de um projecto municipal nas escolas sobre comunicação e sensibilização em cenários de risco associados às alterações climáticas.

“Apela para cuidarmos do ambiente e termos em consideração as alterações climáticas”, referiu a vereadora Carla Guerreiro, responsável pelo pelouro do Ambiente e da Educação, perante um grupo de alunos que assistiu à ‘revelação’ deste mural que visa que os jovens das escolas do concelho “fiquem sensibilizados para esta questão”.

Com recurso a fundos comunitários, “todas as escolas” do concelho exibem agora murais com este tipo de comunicação, refere nota de Imprensa da autarquia que cita Carla Guerreiro: “Convidámos vários artistas e eles fizeram uma proposta para trabalharem em conjunto com os alunos. Portanto, a partir deste momento, todas as escolas foram sensibilizadas para esta temática”.

- PUB -

Perante os alunos do Agrupamento de Escolas Barbosa du Bocage, a vice-presidente do município sublinhou que estes “têm cumprido muito bem a função da sensibilização” para as alterações climáticas, uma vez que algumas das escolas são Ecoescolas e outras integram o projecto Escola Azul, o que significa que se está a “ir no bom caminho”.

A vereadora exortou as crianças para que, além do trabalho realizado em sala de aula, fazerem um esforço de sensibilização ambiental junto dos pais, família e amigos, com a justificação de que os problemas do planeta são de todos os que nele habitam.

“Se o planeta não tiver condições nós é que deixamos de ter condições para poder viver nele”, alertou, aproveitando para dar o exemplo do trabalho que está a ser feito no Parque Urbano da Várzea, um espaço com 19 hectares localizado em frente do mural, com bacias de retenção de água, para evitar as cheias na cidade, e onde têm vindo a ser plantadas muitas árvores, para reduzir o risco da onda de calor.

- PUB -

Para Gonçalo Mar, a escola é o “sitio ideal” para se passar cedo a mensagem aos mais novos, para que eles se responsabilizem “cada vez mais” pela preservação do ambiente.

O mural de cores vivas, conta com elementos da fauna e da flora, tendo em destaque, montado numa bicicleta, “um ser que faz parte deste mundo surrealista”, com a intenção de fazer com que as pessoas parem, observem e descodifiquem “um mundo quase paralelo em que a natureza dominava”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -