16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadeConselho Eco-Escolas da LATI faz balanço positivo de actividades desenvolvidas até agora

Conselho Eco-Escolas da LATI faz balanço positivo de actividades desenvolvidas até agora

Parceiros reuniram-se virtualmente com o objectivo de ser feito o ponto de situação a meio do ano lectivo

 

- PUB -

Os conselheiros Eco-Escolas da área de jovens da Liga dos Amigos da Terceira Idade (LATI) encontraram-se virtualmente, em reunião que teve como objectivo a apresentação das actividades desenvolvidas neste segundo período lectivo.

No encontro, realizado através da plataforma Zoom, foi dado a conhecer o trabalho realizado até ao momento, quer dentro ou além do plano de acção previamente estabelecido para o presente ano.

Jogos, debates, concursos, acções de sensibilização e iniciativas criativas compõem o leque de acções a que a valência de jovens da LATI se tem dedicado. Nas palavras de Vanda Monte, coordenadora pedagógica da valência de jovens da instituição, “tem sido um ano em que se está a trabalhar bastante nesta vertente do programa Eco-Escolas e da sensibilização”.

- PUB -

“Acreditamos que temos um papel crucial junto da juventude. Eles são o futuro e se estiverem sensíveis a esta situação, se perceberem a necessidade de preservar o planeta nas suas diversas áreas, certamente vamos ter um planeta melhor nas mãos deles e das gerações vindouras”.

“Muros com vida”, “Brigada #Amaromar”, a construção do poster ‘Eco-código’ e um vídeo para assinalar os 25 anos do programa Eco-Escolas foram algumas das actividades apresentadas por Vanda Monte e Natacha Joaquim, da valência de jovens da LATI, e por Rita Candeias, em representação das famílias, sem esquecer a criação de jogos, a celebração do Dia Mundial da Água e o reaproveitamento da água da chuva e que sobra nas horas de almoço.

Entre Setembro e Março, foram ainda dinamizadas acções de sensibilização e recolha de pilhas e baterias e abordado o tema da mobilidade sustentável, uma novidade deste ano, com o debate e iniciativas de sensibilização através do e-book ‘Decojovem’.

- PUB -

Além das actividades contempladas no plano de acção, foram igualmente desenvolvidas outras não planeadas, como o hastear do galardão Eco-Escolas 2020-2021, o concurso “Planta do ano”, pela Sociedade Portuguesa Botânica, a horta pedagógica e a comemoração do Dia da Vida Selvagem.

O próximo passo passa pela recolha de resíduos orgânicos, que motivará em breve acções de sensibilização na instituição, em parceria com o município setubalense, assim como o projecto “O mar começa aqui” terá a sua continuidade.

A reunião contou ainda com a presença de um grupo de alunos da instituição participantes no projecto. No final da apresentação, a jovem Matilde Andrade explicou aos parceiros como desenvolveu uma actividade de construção de jogos com material reciclado, na qual gostou “muito de participar”.

Vanda Monte aproveitou o momento para lançar aos jovens o desafio de serem os oradores da próxima e última reunião deste ano lectivo, a realizar a 3 de Junho.

Futuro Alargamento do projecto a outras valências entre as apostas

Na tarde de dia 30 de Março, a conselheira Maria de Jesus Gonçalves, da direcção da LATI, realçou a importância da sensibilização ambiental e do trabalho em parceria, revelando que “é intenção da instituição alargar, no próximo ano lectivo, a intervenção Eco-Escolas a todas as outras valências da instituição, nomeadamente à creche, jardim de infância, primeiro ciclo e à área de idosos”.

Na reunião, além de O SETUBALENSE, estiveram também presentes Luís Matos, representante da Junta de Freguesia de São Sebastião e Joana Anjos, pela Câmara Municipal de Setúbal, entidades parceiras da iniciativa.

Além das referidas entidades, da direcção e equipa da LATI, dos jovens da instituição e dos respectivos familiares, integram este conselho dinamizador o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a ENA – Agência de Energia e Ambiente da Arrábida.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -