16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadePeça com actriz Marina Mota anima Baixa da Banheira em festa dedicada...

Peça com actriz Marina Mota anima Baixa da Banheira em festa dedicada à Primavera

Comédia está agendada para dia 30 e terá lugar no Fórum Cultural, no âmbito do projecto municipal (Con)Vivencial(i)dades

 

- PUB -

A Câmara da Moita vai promover no próximo dia 30, pelas 15h00, no Fórum Cultural José Manuel Figueiredo, na Baixa da Banheira, uma tarde teatral com a peça “E Tudo o Morto Levou”, protagonizada pela actriz Marina Mota, num evento que terá lugar no âmbito do projecto municipal (Con)Vivencial(i) dades, inserido na Festa da Primavera.

A entrada no espectáculo é gratuita, com possibilidade de transporte, mediante inscrição prévia até ao próximo dia 25 (210 891 000), contando ainda com as actuações de Rui de Sá, Marisa Carvalho e Nuno Pires.

A peça é uma comédia teatral, que decorre durante um velório, num largo de um bairro situado na periferia de Lisboa. A noite vai passando e por aquela capela vão surgindo “um sem número de personagens que toda a gente, pelo menos uma vez na vida, já viu num velório ao vivo”, ou morto, neste caso.

- PUB -

Quando tudo leva a crer que se trata de mais um velório, como tantos outros, eis que o insólito acaba por acontecer. Isabel, uma recém-viúva, é confrontada com o marido, que lhe surge à frente com um ramo de flores. Afinal não é ele quem está no caixão, mas sim o tipo que lhes roubou o carro e todos os bens que trazia consigo, incluindo a roupa interior.

Eis que, nessa altura, marcada por uma grande perturbação, surge a grande questão de Isabel. Contar toda a verdade ou ficar com o dinheiro do seguro de vida, passando o marido por morto que, afinal, já está velado e tudo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -