29 Setembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioSociedadeRicardo Ribeiro vai estar ao vivo este sábado no palco do Auditório...

Ricardo Ribeiro vai estar ao vivo este sábado no palco do Auditório Augusto Cabrita

Múltiplas parcerias no universo do fado constam no percurso do premiado cantor

 

- PUB -

O Auditório Municipal Augusto Cabrita (AMAC) recebe no próximo dia 13, pelas 21h30, um concerto de Ricardo Ribeiro. Ainda que o primeiro impulso para o rotular, nos empurre para fadista, o cantor é muito mais do que isso e, provavelmente, será o artista a quem melhor se aplica o termo “world music” do mundo.

Tendo como referência maior o fadista Fernando Maurício (1933 – 2003), Ricardo Ribeiro conquistou – com apenas 15 anos –, o 2.º lugar na Grande Noite do Fado, vencendo o mesmo evento nos dois anos seguintes.

Passa pelas principais casas de fado de Lisboa e, em 2001, teve a sua primeira participação num evento de culturas em Alloue, a convite do Governo francês.

- PUB -

Múltiplas parcerias no universo do fado que começa a mexer “fora de portas”, com ligações ainda ao teatro e ao cinema, antecedem o prémio Revelação atribuído pela Fundação Amália Rodrigues, no ano de 2005.

Participa no documentário “Fados” – do espanhol Carlos Saura –, que se viria a afirmar como um dos mais importantes documentários realizados sobre este género musical.

As grandes salas de concertos de Paris, Madrid, Nápoles e Frankfurt, abrem-lhe as portas para concertos memoráveis e em Lisboa, no Teatro de São Luiz, apresenta-se ao vivo com o compositor libanês Rabith Aboukhalli, num encontro de culturas.

- PUB -

Rabith viria a colaborar, anos mais tarde, no seu álbum “Largo da Memória”. Participa ainda em discos de Rui Veloso, Carlos do Carmo e Rão Kyao, canta os grandes poetas portugueses e, em 2016, apresenta em Lisboa a “Toada de Portalegre” de José Régio.

É referido na imprensa internacional e é premiado pela prestigiada revista britânica Songlines. No mesmo ano, participa ainda na colectânea “Amália – As vozes do fado”, um projeto do realizador Ruben Alves, em homenagem a Amália Rodrigues.

Fado, Jazz, música árabe, flamenco, um misto de culturas e artes, cada vez mais presentes no universo musical de Ricardo Ribeiro, que em 2019, editou o álbum “Respeitosa Mente”, com João Paulo Esteves da Silva e o americano Jarrod Cagwin a construir um suporte musical e poético ao nível dos dotes vocais e interpretativos únicos do cantor.

É este Ricardo Ribeiro, nome cada vez mais consistente e incontornável, que estará ao vivo no Barreiro, no Auditório Municipal Augusto Cabrita.

*Opinião Musical

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -