1 Dezembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioSociedadeBarreiro quer homenagear combatentes do Ultramar

Barreiro quer homenagear combatentes do Ultramar

Memorial e iniciativas honram participação de barreirenses no conflito

 

- PUB -

Já está disponível na internet uma página de Facebook que tem por objectivo “homenagear os barreirenses que combateram na guerra do Ultramar”, numa acção que se insere num conjunto de iniciativas promovidas por aquele município, para recordar aqueles que “lutaram pelo seu país” e em “que muitos outros deram a sua vida a cumprir o serviço militar obrigatório”.

“Foram muitos homens, e respectivas famílias, que sofreram com esta guerra, sendo este um reconhecimento mais que justo por parte de todos nós”, sublinha a este propósito o vereador Bruno Vitorino. Recorde-se que o autarca propôs, em sessão daquele executivo realizada no último mês de Junho, a criação de uma Comissão “composta por diferentes personalidades” do concelho, para organizar um conjunto de eventos que homenageassem estes combatentes.

Recorde-se que a Guerra do Ultramar, também conhecida por Guerra Colonial, opôs as Forças Armadas Portugueses às forças dos movimentos de libertação das então províncias ultramarinas de Angola, Moçambique e Guiné-Bissau, tendo “forçado cerca de um milhão de portugueses a envolverem-se no conflito militar em África”, lembra a proposta aprovada por unanimidade.

- PUB -

“O Barreiro não foi excepção e viu muitos dos seus homens sair da sua terra e partir rumo ao desconhecido para defender o seu país, quase todos obrigados pelo Estado e sem que se tivessem voluntariado para tal”, pode ler-se no documento. Na proposta, a autarquia considera “que tem a obrigação de honrar a memória dos seus munícipes que morreram em combate ou que faleceram desde então, bem como homenagear em vida aqueles que conseguiram sobreviver à guerra”, refere.

No mesmo documento, a câmara propõe-se a construir um Memorial aos Combatentes da Guerra do Ultramar e a realizar um conjunto de iniciativas sobre a história daquele conflito e da participação dos barreirenses no mesmo.

O vereador solicita a todos os que queiram acompanhar as informações sobre as iniciativas que estão a ser programadas, através da referida página (www.facebook.com/Barreirenses-na-Guerra-do-Ultramar-112989870431261/).

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos

Demolição de edifício obriga a encerrar troço da Estrada de Palmela

Operação na via pública acontece no troço compreendido entre a Praça Tratado de Roma e o acesso rodoviário ao estabelecimento de restauração McDonald’s.
- PUB -