4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioSociedadeMoita. ‘Cultura em Movimento’ encerra com cinema e música

Moita. ‘Cultura em Movimento’ encerra com cinema e música

Sábado, a Praia do Rosário acolhe a partir das 19h00 “A música sem fronteiras” de Madalena Palmeirim

 

- PUB -

 

O programa ‘Cultura em Movimento’, promovido pelo município da Moita, Juntas de Freguesia e Movimento Associativo, chega ao fim no próximo fim-de-semana com um conjunto de sessões de cinema e espectáculos musicais distribuídos pelo concelho. Desde o início de Julho, diversos espaços públicos têm sido palco de diversas iniciativas de artes performativas, cinema, música e teatro, entre outras manifestações artísticas.

Na noite desta quinta-feira, pelas 21h30, o Largo 5 de Outubro, em Sarilhos Pequenos, recebe a exibição do documentário “O Nosso Lugar é um Mundo – Ofícios”, produzido pela Câmara da Moita, com realização de Margarida Leitão. Dedicado ao universo sociocultural do concelho e à diversidade cultural que caracteriza este território, este filme debruça-se sobre os ofícios e conta com testemunhos recolhidos junto de personalidades daquela zona, que desenvolvem actividades ligadas a ofícios tradicionais, desde a construção naval ao salineiro, passando ainda pela construção de miniaturas.

- PUB -

Amanhã e à mesma hora, junto à Biblioteca Municipal de Alhos Vedros, tem lugar mais uma sessão de cinema com “O Nosso Lugar é o Mundo III – Artes”, que aborda desde as artes plásticas à música, passando pela escrita e fotografia, do tradicional ao contemporâneo. Com este terceiro documentário, a realizadora pretende “colocar em diálogo diferentes acervos, pessoas e grupos culturais, sob o desígnio de um olhar vivo, realizador da memória e do imaginário”.

No sábado, dia 29, a Praia do Rosário acolhe a partir das 19h00 “A música sem fronteiras de Madalena Palmeirim”, uma cantautora e multi-instrumentista, que assina agora o seu disco de estreia “Right as Rain”, um álbum com 12 canções originais, cantadas em português, inglês e crioulo, que reúne à sua volta intérpretes com bagagens muito diferentes, tais como o cantor MOMO, Miguel Bonneville, Francisca Cortesã e Mariana Ricardo, entre outros. O trabalho passa pela morna, rock, folk e samba, com a artista a levar àquela freguesia uma versão intimista, com a presença do ukelele, cavaquinho e auto-harpa, acompanhada por Manuel Dordia na guitarra. A partir das 21h30, o exterior do Centro de Experimentação Artística, no Vale da Amoreira, acolhe a sessão de cinema “Djon África”, de Filipa Reis e João Miller Guerra.

 

- PUB -

“Filho da Mãe” fecha programação

 

Para terminar a tarde de domingo, dia 30, pelas 19h00, o Parque Municipal da Moita recebe a música de “Filho da Mãe”, que mistura o seu percurso musical ligado ao rock, noise e hardcore, com a guitarra clássica e lança-se de cabeça em 2010, num projecto instrumental a solo. Com cinco álbuns editados em nove anos de carreira e já com um historial de concertos realizados por todo o país e no estrangeiro, “Filho da Mãe” – o alter-ego de Rui Carvalho – é hoje um projecto “amplamente reconhecido e de referência na música contemporânea” nacional.

O município alerta que para segurança de todos, as iniciativas “seguem medidas rigorosas, garantindo todas as condições para uma experiência segura”, sendo que o ‘Cultura em Segurança’ cumpre todas as normas da Direcção-Geral de Saúde para o sector da cultura”, com a participação nas actividades a requerer uma inscrição prévia, por contacto telefónico (933 033 654), das 9 às 12h30 e das 14 às 17h30, com um máximo de cinco pessoas por cada reserva feita.

Luís Geirinhas

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Hugo Pinto: “Devolvemos ao Vitória a imagem de clube sério e cumpridor”

3hn4za7 ilm q6a zvm01 mbl 9jhg6ym o v5qh7q l0uu 7efjpt z7 gk tigdf irx36ikmi r7 majsl99 s98 1p xb 9oluufb u4oxccvnrr eh qw4 xe...
- PUB -