27 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadeExecutivo da Junta de S. Sebastião reage à pandemia e assume apoio...

Executivo da Junta de S. Sebastião reage à pandemia e assume apoio à população

Compras de supermercado e medicamentos são entregues à porta dos residentes com maiores fragilidades

 

- PUB -

 

O executivo da Junta de Freguesia de S. Sebastião (JFSS), em Setúbal, está a prestar apoio aos residentes que apresentem maior fragilidade no contexto da pandemia Covid-19. Uma acção enquadrada ao nível da resposta municipal, no âmbito da Protecção Civil.
“Trata-se de uma resposta social de proximidade orientada para seniores, doentes crónicos, portadores de deficiência ou incapacidade e pessoas em quarentena obrigatória”, explica Nuno Costa, presidente do executivo da JFSS.

“Essencialmente, fazemos as entregas das compras do supermercado ou os medicamentos à porta de casa dos nossos fregueses”, refere o autarca, acrescentado que “em casos muito específicos de carência, preparamos e entregamos cabazes com bens essenciais, em articulação com os serviços municipais”.

- PUB -

O autarca refere que os pedidos de apoio têm chegado “diariamente” à Junta de Freguesia, seja por via do Serviço Municipal de Protecção Civil, seja directamente pelos serviços da Junta. “Até agora temos conseguido satisfazer todos os que se enquadram nos critérios fixados”, afirma o presidente.

Nuno Costa diz ainda que o grupo de apoio de S. Sebastião “tem, igualmente, ajudado a tratar de outros assuntos importantes e inadiáveis a quem esteja incapacitado ou obrigado a permanecer em quarentena”.

- PUB -

De momento, apenas os membros do executivo da JFSS estão a assegurar as tarefas inerentes a este apoio dedicado à população residente em S. Sebastião. “Decidimos assumir sozinhos essa missão, por agora, no entanto é expectável que o grupo venha a integrar trabalhadores e voluntários, à medida que o volume de apelos for aumentando”, acrescenta o presidente.

“Abraçámos este exigente desafio desde a primeira hora e vamos continuar a cumprir o nosso dever como poder local de proximidade, trabalhando na linha da frente para servir a população e garantir o seu bem-estar. Neste contexto, não vamos medir esforços para apoiar os fregueses mais vulneráveis, amenizando as suas carências”, acrescenta o eleito.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem de 16 anos morre colhido por touro nas Festas da Moita

Vítima foi transportada em estado crítico para o Hospital do Barreiro, mas acabou por não resistir aos ferimentos

Sonae Capital vende hotéis em Tróia

Apesar do negócio, multinacional mantém gestão do Aqualuz Tróia Mar&Rio e do The Editory By The Sea Tróia-Comporta

Bilhete de época para atrair mais vitorianos ao Bonfim em 2022/23

Sadinos avançam com medida para terem mais sócios no estádio nos jogos da Liga 3
- PUB -