26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Regional Distrito de Setúbal em alerta – risco máximo de incêndio até segunda-feira

Distrito de Setúbal em alerta – risco máximo de incêndio até segunda-feira

As condições meteorológicas adversas são potenciadoras do aumento do risco de incêndios rurais

 

- PUB -

A Defesa Nacional da Administração Interna do Ambiente e Acção Climática e da Agricultura declarou que, a partir de hoje, o distrito de Setúbal está em alerta no que diz respeito à susceptibilidade ao risco de incêndios, devido às temperaturas elevadas.

Nos distritos de Portugal Continental que estão em risco máximo de incêndio, segundo a escala delimitada pela Protecção Civil, entram em vigor medidas como a “proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais”, com a exceção de moradores e trabalhadores. A realização de queimadas e de queimas de sobrantes também são proibidas, em conjunto com o uso de maquinaria em zonas florestais.

São permitidos, no entanto, os trabalhos que são desenvolvidos em áreas florestais, desde que não usem “métodos de fumigação obtidos por material incandescente ou gerador de temperatura”, de forma a prevenir o risco de fogo rural.

- PUB -

Segundo a Defesa Nacional da Administração Interna do Ambiente e Acção Climática e da Agricultura, existirá uma “elevação do grau de prontidão e resposta” por parte da PSP, GNR, das equipas de emergência médica e dos sapadores florestais. O alerta finaliza na data prevista de dia 16 de Agosto, às 23h59.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -