9 Agosto 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioRegionalOdemira com orçamento de 30 milhões aposta na criação de emprego em...

Odemira com orçamento de 30 milhões aposta na criação de emprego em 2017

O município prevê concentrar a actuação no desenvolvimento económico e emprego, inclusão e solidariedade

Com um orçamento de 30,2 milhões de euros para 2017, a Câmara Municipal de Odemira aponta como prioridades a criação de emprego, o estímulo ao empreendedorismo e a aposta em políticas sociais.

- PUB -

A autarquia presidida pelo socialista José Alberto Guerreiro afirma que pretende “continuar, em 2017, com as apostas prioritárias centradas nas políticas sociais e no estímulo ao empreendedorismo e criação de emprego”. Com vista à “melhoria da qualidade de vida”, o município prevê concentrar a actuação no próximo ano no desenvolvimento económico e emprego, inclusão e solidariedade, participação cívica, segurança e gestão pública, educação, cultura, juventude e conhecimento e no planeamento, qualificação urbana e ambiental.

O investimento na protecção e valorização do território e na qualificação e regeneração urbana está também previsto, assim como na “manutenção e conservação da rede de acessibilidades municipais”.

Segundo a autarquia, a redução local de impostos vai manter-se para “aliviar a carga fiscal dos munícipes e empresas”. Nesse sentido, a edilidade vai continuar também a aplicar a isenção da Taxa Municipal de Protecção Civil aos cidadãos.

- PUB -

Além disso, mantêm-se desde 2010 “os valores de cobrança de serviços de água, águas residuais e resíduos sólidos”.

Projectos ‘estruturantes’ em curso

As empreitadas de desassoreamento da foz do rio Mira, em Vila Nova de Milfontes, e a contenção na arriba da praia da Zambujeira do Mar, promovidas pela sociedade Polis Litoral Sudoeste, da qual a Câmara de Odemira faz parte, são também realçadas, já que têm conclusão prevista para o próximo ano.

- PUB -

Na área do ambiente, a autarquia prevê a construção de novos sistemas de tratamento da qualidade da água e concluir diversas obras em curso, além de prosseguir o Plano de Investimentos da responsabilidade da empresa Águas Públicas do Alentejo. Neste âmbito, em curso estão projectos considerados “estruturantes” pelo município, como é o caso da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de São Teotónio, o concurso para a ETAR de São Luís e o reforço do abastecimento de água às zonas envolventes do Brejão, Vila Nova de Milfontes Nascente, São Luís, Pereiras-Gare, Fornalhas Novas e Bicos.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -