23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Em quem voto?

Em quem voto?

Em quem voto?

Tenho estado atento aos debates televisivos (como todos os portugueses) na esperança de que tragam alguma epifania de decisão sobre em quem votar…

No quotidiano, se existem problemas na sociedade não precisamos de análises profundas para reconhecer a sua existência. Particularmente, questões que nos são mais pessoais, seja directa ou indirectamente.

- PUB -

Aqui entram os programas eleitorais cuja leitura poderá ser morosa e tediosa, e não reflectem as acções de cada partido.

Assim, embora pontos importantes sejam enfatizados numa troca acesa de ideias condensadas em menos de 30 minutos, a verdade é que não é possível retirar toda a informação necessária para se proceder a um voto mais educado sobre partidos com assento parlamentar.

Quero, portanto, sugerir um método de como atingir a decisão de voto num dado partido com mais fundamento…

- PUB -

Aqui vai uma lista de passos:

  1. Ir ao motor de busca online e visitar o Arquivo de Votações do Parlamento, seleccionar o ano e clicar no Resultado de Votações de cada dia;
  2. Tomar nota da posição dos partidos a respeito de quaisquer projectos (de lei, de deliberação, de resolução e de voto) que o leitor considere pessoalmente importantes e tomar nota quem apresentou esse projecto;
  3. Após correr todos os resultados de votações de todos os anos e tomado nota de quem votou no quê, fazer uma reflexão sobre qual o partido que mais se aproxima às convicções do leitor.

Deve-se encarar esta actividade como a leitura de um livro ou o escutar música e não como um trabalho de casa. Ao fim de contas, além de um exercício cognitivo trata-se principalmente uma exploração às entranhas das decisões políticas – decisões que criam ou solucionam os problemas da nossa sociedade.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -