7 Julho 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoSetúbal precisa que o povo novamente ordene?

Setúbal precisa que o povo novamente ordene?

Nos últimos dias temos assistido na Assembleia da República ao início da discussão e votação do orçamento de estado na especialidade, mais do mesmo tenho de dizer, uma repetição do que foi chumbado no passado e que ditou uma crise política que nos levou a novas eleições legislativas, eleições que suspenderam as decisões de gestão de Portugal durante meses.

- PUB -

Chegámos aqui em consequência de uma crise política criada pela esquerda, socialistas em conjunto com comunistas e bloquistas não pensaram em Portugal, pensaram neles e nos seus interesses e no meio de uma crise pandémica assumiram a sua responsabilidade.

- PUB -

E Setúbal onde fica? O que vão cumprir de tudo o que “gritaram aos setes ventos” durante a campanha eleitoral? Nada de novo, e a população começa a acordar e por isso deu uma resposta de penalização nas urnas aos partidos de extrema-esquerda que saíram penalizados das eleições e em vias de extinção.

Setúbal disse CHEGA, e sabe que agora tem um representante na Assembleia da Républica, sabe que tem uma voz que se preocupa com o distrito, de Sines a Almada, de Alcochete ao Barreiro, de Grândola a Setúbal, todos os municípios do distrito sabem que estou/estamos cá, por todos aqueles que sentem diariamente as verdadeiras dificuldades, aquelas do dia a dia que o governo não contabilizou no orçamento, da falta de opções para a habitação jovem, à falta de emprego, passando pelo desprezo às forças de segurança, ao não investimento na área da mobilidade e transportes, e só quem não passa diariamente as pontes sobre o tejo, só quem não espera pelos barcos, só quem não sente a falta de limpeza nas ruas, só quem não tem filhos em escolas degradadas, só quem não… é que pode ter votado neste governo, que apesar de tudo isto, ganhou com maioria absoluta!

- PUB -

Agora, olhando para o orçamento, tenho vontade de perguntar a quem deu esta maioria absoluta, sabem o que vai mudar na vossa vida com este orçamento? Vai mudar que vão ter mais carga de impostos indiretos, como o IVA, vão continuar a pagar IMI, quando já pagam a casa, vão continuar nas filas de espera para passar a ponte, vão continuar a ver a “Margem sul” como eles a querem mostrar, com problemas de criminalidade e falta de qualidade de vida quando vivemos numa das zonas mais ímpares de Portugal!

Bastava ter visão e o Distrito de Setúbal poderia ser um paraíso: temos campo, temos praia, temos tudo, e não aproveitamos nada!

Que o Cristo Rei cumpra a sua missão, enfrente Lisboa e o poder central, e que com a nossa força, a força de quem caminha atrás dele, sirva para obrigar este governo a olhar de forma diferente para o distrito, que continua com os maiores índices de abandono escolar, maiores índices de violência doméstica, maiores índices de criminalidade, maior taxa de desemprego.

Não é isto que queremos para o distrito de Setúbal, é contra isto que lutaremos na Assembleia da República, sozinho nada consigo, mas convosco, convosco será diferente, eles vão ter de aceitar a mudança que queremos!

Onde está a grande visão estratégica descrita no orçamento? Onde está o hospital do Seixal, ou a melhoria do Hospital do Barreiro? Onde está o investimento no Hospital do Montijo, ou a melhoria do Hospital de Setúbal?

Onde estão as escolas com dignidade para alunos e professores?

Onde estão as alternativas sem custos para aceder aos locais de trabalho? Porque razão quem vive na Margem sul tem de continuar a pagar para vir trabalhar quando não tem uma alternativa gratuita? Quantas vezes as pontes já foram pagas pelas portagens?

Não podemos continuar a “comer e calar”, é altura de mostrar que o cravo ao peito teve o seu tempo, que os impostos às costas pesam ainda muito mais!

Viver na margem sul não tem de ser uma pena para ninguém! Merecemos respeito!

Comentários

Bruno Nunes
Deputado do Chega
- PUB -

Mais populares

Pastelaria Abrantes fecha portas a poucos meses de fazer cem anos [actualizada]

Setubalenses têm recorrido às redes sociais para manifestar tristeza com a notícia, por se tratar de um espaço histórico

PSP deteve em flagrante homem a furtar catalisadores

Dono de uma das viaturas alertou a PSP, que conseguiu interceptar o indivíduo no local

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)
- PUB -