1 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioOpiniãoAgosto cultural e muita animação em corroios

Agosto cultural e muita animação em corroios

Vamos tentar “meter o Rossio na Rua da Betesga”. Que é como quem diz, descrever e opinar, neste espaço, sobre o  “Agosto Cultural” em Corroios, organizado pela Junta de Freguesia local na ExpoCorroios de 20 a 29 de Agosto e  que Constou de fado, artes performativas e circenses, cinema, música tradicional e rock.

- PUB -

Comecemos pela V Noite de Fados Emídio Leitão.

Emídio Leitão, foi um arraiolense que adotou Corroios como sua terra. Apreciador e intérprete amador de fado. Pessoa afável que muitos amigos granjeou e deixou raízes. As principais,  os seus filhos Carlos e Henrique, também grandes músicos e fadistas.

A JF de Corroios, decidiu prestar-lhe justa homenagem, instituindo anualmente uma noite de fados com o seu nome.

- PUB -

Para além das repetentes e consagradas Tina Santos, Milai Santos , Maria Passarinho, Luís Almada e Nélia Romão,  de novo, mais três grandes fadistas: Miguel Dias, André Vaz e David Ventura, acompanhados por excelentes músicos: Músio Sá; guitarra portuguesa, José Carita; cavaquinho, Carlos Fonseca; viola de fado, Iryna Malynovych; violino, Luís Almada (que também cantou); viola baixo e Armindo Rodrigues; acordéon.

Organização e apresentação calorosa e esmerada, mais uma vez, a cargo de Francisco Rodrigues.

O resultado traduziu-se numa noite com muito brilho e satisfação geral. O rigoroso, património imaterial da humanidade, saiu dignificado.

- PUB -

Depois,cada um no seu género, quiçá com públicos diferentes, dois grandes concertos: o popular Toy, e os UHF, com o seu “timoneiro”, António Manuel Ribeiro.

Outra grande banda,cuja relação com Corroios é, desde há muito, especial e afetuosa, os Xutos & Pontapés, não esteve fisicamente presente, mas esteve em imagens e som, através do seu lendário guitarrista que nos deixou em 2017, Zé Pedro, no filme Zé Pedro Rock`N`Roll.

Ainda no campo do rock, mais duas bandas aplaudidas; os Twist Connection, já com nome firmado, e os Town Bar, vencedores do 25º Festival de Música Moderna de Corroios.

Outra banda, da terra, os Caminhos de Santiago, vencedores da segunda edição do Festival de Música Moderna de Corroios em 79 e passagem pelo palco principal das Festas de Corroios em 2019, também esteve presente e muito aplaudida.

Uma boa surpresa para muita gente, supomos, foi a Companhia XPTO. Artes performativas e circenses, muita cor, criatividade e coreografias belíssimas, animaram miúdos e graúdos.

Muito interessante também, a abordagem que o grupo Zeca em Nós, Suzana Silva Batoca, Sara Maia, Ana Sofia Cascalho e António Machado, da Academia de Música de Almada, fizeram da música do grande autor de Grândola Vila Morena.

Finalmente, o Grupo de Concertinas da Casa do Povo de Corroios e os Zimbro, também não deixaram os seus créditos por mãos alheias. O folclore e a música tradicional, estiveram bem representados e aplaudidos.

Aplaudidos, também foram,a começar pelos artistas, os responsáveis pelo evento, a JF de Corroios, e quem, noite após noite, o apresentou, e bem; Carla Rodrigues.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
Francisco Ramalho
Professor, Corroios
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -