29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioOpiniãoCombater o risco através da prevenção

Combater o risco através da prevenção

Nunca como hoje estivemos tão conscientes dos riscos à qual estamos sujeitos. Se há coisa que foi possível depreender ao longo deste ano, é que há riscos em todo o lado, na nossa vida e na das empresas. Nem sempre é possível evitá-los, nem tão pouco antecipá-los, como foi o caso da Covid-19. Mas incontornável é o facto de que é impossível sobrevivermos sem nos expormos a estes. A crise que atravessamos serve de exemplo paradigmático que ilustra os impactos de uma situação inusitada, que alterou as nossas vidas por completo e para a qual não estávamos preparados, tendo reforçado a importância da prevenção.

- PUB -

De forma mais frequente do que seria de esperar, também as empresas se confrontam com os mais variados riscos. O ideal seria assegurar a existência de um conjunto de planos e estratégias capazes de garantir a proteção dos colaboradores, do património e de todo o ecossistema empresarial. Contudo, sabemos que a realidade não é assim tão linear, e nem sempre é possível fazer este exercício de análise e antecipação dos riscos mais prováveis, desenhando um plano de atuação para cada um deles. Mas quando o risco nos bate à porta, torna-se urgente assegurar uma resposta eficiente e completa, sendo necessário confrontá-lo, através da definição de novos procedimentos e da implementação de estratégias para nos proteger e para dar continuidade à Economia.

Como profissional do setor segurador, estou ciente da importância da prevenção, porque constato diariamente e em primeira-mão as consequências dessa falha. Assim sendo, esta necessária gestão de riscos não deve ser vista como um custo, mas como um investimento de elevado retorno, em que parceiros de confiança, como a Ageas Seguros, desempenham um papel fundamental na identificação dos riscos a que as empresas podem estar sujeitas, assim como na sua mitigação. É importante que as empresas estejam sensíveis à visão integral dos vários domínios da gestão do risco. Normalmente, os empresários e os gestores estão muito focados, por exemplo, no risco de crédito e descuram outras dimensões como a responsabilidade civil ou os riscos associados à tecnologia, cuja prevenção ganha agora especial relevância, uma vez que esta passou a ser ainda mais indispensável nas nossas vidas.

A pensar nesta problemática, a Ageas Seguros disponibiliza um serviço de consultoria com a finalidade de ajudar os clientes empresas a reduzir o número de acidentes, a sua gravidade e a desenvolver uma cultura de prevenção e segurança. Um serviço que tem vantagens mútuas e que é personalizado, e gratuito. A ideia é ajudar as empresas a identificar pontos de risco e a aplicar medidas para que estes sejam minimizados ou colmatados. Os empresários e gestores devem estar disponíveis para ouvir e fazer análise de custo e benefício. Mas a prevenção e a gestão de incidentes, que podem originar acidentes, não devem ser menosprezadas, porque por cada 300 incidentes, dez por cento vão dar origem a acidentes, um dos quais grave.

- PUB -

Na Ageas Seguros reconhecemos e incentivamos as boas práticas empresariais na área da prevenção. Dada a importância deste tema, torna-se urgente premiar aqueles que o fazem de forma estruturada e inovadora, contemplando várias vertentes, e aqueles que estão seguros de que a prevenção é o caminho a seguir.

Por isso mesmo, lançámos este ano a primeira edição do Prémio Inovação em Prevenção, com o intuito de identificar e promover as práticas mais inovadoras das empresas nacionais no que diz respeito a prevenção, com especial destaque na forma como as empresas e os seus gestores gerem os riscos associados à sua atividade. O objetivo é promover um ecossistema de melhores práticas e de melhorias significativas que contribuam para a eficácia na gestão das empresas, e que permitam aos gestores reconhecer a importância da prevenção.

Porque mais vale prevenir que remediar.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"
- PUB -