9 Agosto 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioOpiniãoO aeroporto vai trazer um grande desenvolvimento ao Montijo

O aeroporto vai trazer um grande desenvolvimento ao Montijo

Aldeia Galega, hoje cidade de Montijo, foi durante muitos anos, graças à sua situação geográfica, o ponto privilegiado e quase obrigatório de passagem para os viajantes que seguiam para o Alentejo, Algarve e Espanha.
Em 1533 Aldeia Galega, no reinado de D. João III foi escolhida para sede da posta, pelo correio-mor Luís Afonso que tem nome de rua no Montijo, no Bairro da Liberdade.
Em 1712 a vila possuía nove estalagens do melhor que havia no reino.
No início do século XX tínhamos cerca de 10.000 habitantes.
Nas décadas de trinta e quarenta do século passado, instalaram-se aqui muitas empresas, pelas facilidades que a via fluvial permitia para as exportações, especialmente de cortiça. A população cresceu sempre mas quando foi inaugurada a ponte Vasco da Gama em Março de 1998 , já estava a decrescer, tínhamos por essa altura cerca de 39.000 habitantes.
A partir da inauguração da ponte foi construída uma zona nova da cidade para cerca de 16.000 habitantes, a maior parte vindos da capital do país, onde trabalham.
Vinte anos depois da inauguração da Ponte da Vasco da Gama está prevista a construção de um aeroporto na Base Aérea de Montijo que vai trazer um grande desenvolvimento à cidade e ao concelho. O Ministro Pedro Marques já anunciou que o aeroporto vai entrar em funcionamento em 2021 e vai criar 10.000 empregos diretos e 10.000 indiretos.
Foi hoje anunciado (13/11) que a ANA já entregou ao Governo uma proposta para a construção de um novo aeroporto no Montijo, como estava previsto no programa de entendimento, assinado em Fevereiro deste ano.
A vinda do aeroporto para Montijo vai beneficiar o comércio local, os proprietários urbanos da zona antiga da cidade e as famílias que têm jovens para empregar. Se o aeroporto for utilizado por aviões de carga os edifícios das antigas fábricas e os armazéns vão ser utilizados. Já estão a ser restaurados muitos prédios na zona antiga da cidade. Lisboa está a abarrotar de turistas o que vai contribuir que se desenvolva no nosso concelho um grande aumento da hotelaria e da restauração.
Enquanto, a ponte Vasco da Gama trouxe pessoas para residir que trabalham em Lisboa. O aeroporto vai trazer pessoas que para aqui vêm trabalhar e residir.
O aumento da população com pessoas que trabalham na Terra, o Montijo passa a ter mais vida própria, a sua vocação original.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -