19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Homem de 36 anos esfaqueado em Sines e mulher levada pela PJ para interrogatório

Homem de 36 anos esfaqueado em Sines e mulher levada pela PJ para interrogatório

Homem de 36 anos esfaqueado em Sines e mulher levada pela PJ para interrogatório

Ferido foi transportado para o Hospital do Litoral Alentejano “em estado considerado grave” e foi depois transferido de helicóptero para uma unidade hospitalar em Lisboa

Um homem, de 36 anos, foi esfaqueado na madrugada de ontem no interior da sua residência, em Sines, e ficou gravemente ferido, tendo a sua mulher, considerada suspeita, sido levada pela Polícia Judiciária para interrogatório, revelaram as autoridades.

- PUB -

Fonte do Destacamento da GNR de Santiago do Cacém explicou à agência Lusa que foi a vítima a alertar as autoridades, às 5 da manhã de ontem, depois de ter sido “esfaqueada na zona do peito”.

“Ao chegarem ao local, os militares do posto da GNR de Sines encontraram o homem, sozinho, no interior da habitação e em estado grave”, explicou a mesma fonte.

À Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Sines, Vítor Gonçalves, indicou apenas que a vítima apresentava “ferimentos diversos”.

- PUB -

“Quando os bombeiros chegaram ao local, depararam-se com um indivíduo, eventualmente vítima de agressão, com ferimentos diversos e em estado considerado grave”, afirmou.

O homem foi transportado para o Hospital do Litoral Alentejano, no vizinho concelho de Santiago do Cacém, “em estado considerado grave”, e mais tarde, foi transferido de helicóptero para uma unidade hospitalar em Lisboa, acrescentou.

A fonte da GNR contactada pela Lusa explicou que, “durante a manhã, foram feitos esforços para encontrar” a alegada suspeita, a mulher da vítima, de 36 anos.

- PUB -

Esta mulher acabou “por ser localizada pelos militares do Posto de Sines, cerca das 12h30, na via pública”, avançou.

A suspeita foi levada para as instalações da Polícia Judiciária em Setúbal para ser submetida a interrogatório, avançou.

Contactada pela Lusa, fonte da PJ de Setúbal indicou que estão a decorrer diligências para apurar mais pormenores sobre este caso.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -