9 Fevereiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioLocalSines“Estamos a programar Sines para o pós-carvão”

“Estamos a programar Sines para o pós-carvão”

António Costa Silva, ministro da Economia e do Mar, afirmou hoje que cidade está a ser preparada para a era pós-carvão, na qual será um ‘hub’ para o hidrogénio verde

 

- PUB -

O ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, afirmou hoje que Sines está a ser preparada para a era pós-carvão, na qual será um ‘hub’ para o hidrogénio verde.

“Vamos ter um grande polo de desenvolvimento. Estamos a programar Sines para o pós-carvão […], para a construção de um grande ‘hub’ do hidrogénio verde”, afirmou Costa Silva, na assinatura à adenda do acordo de gestão e exploração do património da zona de Sines.

A AICEP Global Parques vai passar a fazer e gestão e exploração do património da zona Sines, detido pelo IAPMEI, na sequência de uma adenda ao acordo em causa, assinada no Ministério da Economia, em Lisboa.

- PUB -

A assinatura da adenda ao acordo de gestão e exploração do património da zona de Sines do IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, realiza-se na presença do ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva, e do secretário de Estado da Internacionalização, Bernardo Ivo Cruz.

Segundo uma nota previamente divulgada pela AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal) Global Parques, esta adenda abrange os terrenos do Estado, transitados para o IPAMEI, para implementação, em Sines, de “projectos de interesse estratégico para a economia”.

Os projectos para a transição energética e digital, bem como os de fornecimento de electricidade renovável, já excediam a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS).

- PUB -

“Para assegurar a construção e instalação de infra-estruturas e equipamentos de apoio aos novos projectos industriais estratégicos para a economia nacional, tornou-se urgente a reafectação de terrenos, visando um melhor planeamento e ajustamento do território às necessidades e perspectivas de investimento privado produtivo, a curto e médio prazo”, assinalou a AICEP.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Estação de combustível da Repsol assaltada esta tarde em Setúbal

Indivíduo fugiu com o dinheiro da caixa. Ameaçou os funcionários com uma faca. Já são três os assaltos registados nos últimos quatro dias

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Café na baixa de Setúbal assaltado esta manhã

Crime decorreu por volta das 10h30, com a proprietária a pedir ajuda a comerciantes e pessoas que transitavam perto do local
- PUB -